Plano Curricular

MEEC 2006 desde 2006

MEEC (plano curricular em vigor desde 2006)

O Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores (MEEC) do Instituto Superior Técnico está delineado e optimizado para um ciclo de formação de cinco anos, à semelhança de que acontece nas várias escolas de referência Europeias do CLUSTER ao qual o IST pertence.

O modelo de um ciclo de formação de cinco anos é aceite e acreditado pela Ordem dos Engenheiros, a qual só atribui o título de Engenheiro a pessoas formadas com cursos acreditados de 5 anos. O MEEC está acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) e pela Ordem do Engenheiros com a Marca de Qualidade EUR-ACE

O ciclo de formação de cinco anos do Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores está organizado em duas etapas formativas integradas (1º ciclo e 2º ciclo) visando cada uma a aquisição de diversas competências específicas através de várias Unidades Curriculares (UCs) - disciplinas.


1º Ciclo

O 1º ciclo tem 6 semestres lectivos e é constituído por um conjunto alargado de disciplinas das Ciências das Engenharias, disciplinas de Base da Engenharia Electrotécnica e de Computadores, e disciplinas de Competências Transversais.

Neste ciclo as disciplinas das Ciências das Engenharias desenvolvem e aprofundam os conhecimentos nos domínios da matemática e da física. Estas disciplinas são partilhadas pela grande maioria dos cursos ministrados no IST, o que faz com que a mobilidade na instituição seja extremamente facilitada. O facto destas disciplinas serem igualmente estruturantes noutras Universidades do País e do estrangeiro promove também a mobilidade entre Instituições e Países, o que constitui um dos objectivos do modelo de Bolonha. Este facto é ainda facilitado pela utilização do sistema de créditos ECTS (European Credit Transfer and Accumulation System), adoptado pela globalidade das universidades europeias.

A existência no 1º ciclo de estudos de disciplinas Base da Engenharia Electrotécnica garante aos formados a posse de um alicerce sólido sobre o qual poderão construir a sua estrutura de conhecimento e desenvolver competências em Áreas de Especialização (AE), no curto e no longo prazo, constituindo-se em motores de inovação e pólos de criação de saber e de riqueza.

A inclusão de competências transversais de gestão e de comunicação oral e escrita, exercita os estudantes na capacidade de debater e expor as suas ideias de forma agradável e convincente.


Formação durante o 1º Ciclo (3 anos)
Tipo de UCs Número de UCs Créditos ECTS
  Disciplinas das Ciências das Engenharias 10   61.5
  Disciplinas Base de Engenharia Electrotécnica e de Computadores 16 108  
  Disciplinas de Competências Transversais   2   10.5
Total  28 180  


O 1º ciclo do MEEC é maioritariamente constituído por disciplinas obrigatórias, em que os alunos terão que totalizar 180 ECTS. A única disciplina opcional existente no 1º ciclo resulta da escolha de uma das seguintes quatro disciplinas de opções:   Modelação e Simulação ;   Programação de Sistemas ;   Redes de Computadores e Internet ;   e Redes e Instalações Eléctricas.


2ª Ciclo

No 2ª ciclo, a implementação de uma estrutura de especialização organizada em áreas principais (majors) e secundárias (minors), suportada sob um regime de créditos ECTS, fornece aos estudantes um mecanismo flexível para a escolha do perfil de especialização que mais se adequa às suas preferências.

No 2º ciclo incluem-se duas disciplinas visando a aquisição de competências transversais, isto é, não nucleares deste domínio de ciência. Estas disciplinas permitirão ao estudante adquirir, em conjunto com os conhecimentos tecnológicos de ponta, instrumentos básicos e fundamentais à prática da engenharia, estimulando o trabalho em equipa, a liderança e o espírito inovador e empreendedor, tão necessários à criação de riqueza e prosperidade.

Finalmente, a Dissertação permitirá desenvolver capacidades de pesquisa, de busca de conhecimento e de soluções, em trabalho individual. Permitirá ainda o desenvolvimento das capacidades de concretização, de gestão do tempo e de esforço, de procura de compromissos, de análise de mercado e de discernimento e/ou criação de oportunidades.


Formação durante o 2º Ciclo (2 anos)
Tipo de UCs Número de UCs Créditos ECTS
  Disciplinas da Área de Especialização Principal 9 54
  Disciplinas da Área de Especialização Secundária 3 18
  Disciplinas de Competências Transversais
- Gestão de Projectos em Engenharia
- Empreendedorismo, Inovação e Transferência de Tecnologia
2 12
  Opção Livre
      ou
  Introdução à Investigação em Engenharia Electrotécnica e de Computadores
1 6
  Dissertação 1 30
Total  16 120


O 2º ciclo do MEEC está organizado em torno das Áreas de Especialização (AE) Principal e Secundária que são escolhidas livremente por cada aluno, mas que têm que ser diferentes.

Existem cinco Áreas de Especialização Principais:

  • Computadores
  • Electrónica
  • Energia
  • Sistemas, Decisão e Controlo
  • Telecomunicações

Existem seis Áreas de Especialização Secundárias:

  • Biologia Computacional
  • Computadores
  • Electrónica
  • Energia
  • Sistemas, Decisão e Controlo
  • Telecomunicações

Cada Áreas de Especialização está organizada em grupos de disciplinas, em que o número de créditos ECTS/UCs a realizar em cada grupo é definido segundo um conjunto de regras indicadas na página do Currículo do MEEC.


A informação contida nesta página é da responsabilidade da equipa de coordenação do curso.