Disciplina Curricular

Radiopropagação R

Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores - MEEC 2006

Contextos

Grupo: MEEC 2006 > 2º Ciclo > Área de Especialização > Área de Especialização Secundária > Telecomunicações

Período:

Grupo: MEEC 2006 > 2º Ciclo > Área de Especialização > Área de Especialização Principal > Telecomunicações > Propagação e Radiação

Período:

Peso

6.0 (para cálculo da média)

Objectivos

Esta disciplina visa complementar a formação de base dos alunos em telecomunicações, introduzindo os mecanismos físicos e os modelos necessários para a caracterização do canal de rádio propagação, por oposição a uma perspectiva orientada para regras sistemáticas de projecto em sistemas de telecomunicações. Os assuntos tratados em Radiopropagação aplicam-se em todos os serviços de comunicações sem fios (wireless) em que é necessário considerar os efeitos causados pelo terreno, obstáculos, vegetação, atmosfera, bem como a variabilidade do cenário de propagação. Estes conceitos são desenvolvidos e aplicados em serviços como a Radiodifusão, Feixes Hertzianos, Comunicações via Satélite, Radares, Acesso Fixo via Rádio, Comunicações móveis, Redes sem fios, etc.

Programa

Começa-se com a caracterização da propagação em espaço livre como referência para todas as outras condições de propagação em presença da Terra que são tratadas na presente disciplina. O estudo da influência do terreno abrange o problema das reflexões em superfícies lisas em Terra plana e em Terra esférica, dispersão por superfícies rugosas, atenuação por obstáculos e difracção pela curvatura da Terra. O estudo da influência da atmosfera terrestre inclui a caracterização do seu índice de refracção, traçado de trajectórias na atmosfera com estratificação horizontal, considerando o índice de refracção real, o conceito de raio equivalente e o índice de refracção modificado. Caracteriza-se a propagação em condições anómalas de refracção (ductos). Estuda-se a absorção pelos gases atmosféricos, absorção e dispersão e despolarização pela chuva. Faz-se a caracterização do desvanecimento aleatório dos sinais associado à variabilidade do cenário e da atmosfera. Como exemplo de integração dos vários conceitos apresentados na disciplina e exemplificação dos limites de validade dos modelos, faz-se a sua particularização detalhada para os serviços de comunicações rádio-móveis terrestres.

Metodologia de avaliação

2 Testes (durante o período de aulas), ou Exame. Nota final = Média (Teste1, Teste2) com Teste1, Teste2 > 8.5 Possibilidade de melhoria em 1 das datas de exame. ou Nota final = Melhor de (Exame1, Exame2) Os testes e exame são com consulta. Oral obrigatória se Nota Final > 16.

Disciplinas Execução

2018/2019 - 1ºSemestre

2017/2018 - 1ºSemestre

2016/2017 - 1ºSemestre

2015/2016 - 1º Semestre

2014/2015 - 1º Semestre

2013/2014 - 1 Semestre

2012/2013 - 1 Semestre

2011/2012 - 1 Semestre

2010/2011 - 1 Semestre

2009/2010 - 1 Semestre

2008/2009 - 1 Semestre

2007/2008 - 1 Semestre