Dissertação

Staff Scheduling in a hospital context: the case of Luz Saúde Hospital EVALUATED

Este trabalho propõe um algoritmo genético multi-objetivo que pretende otimizar a escala do staff num serviço hospitalar. Os profissionais de saúde são um dos recursos indispensáveis na qualidade do serviço prestado e representam mais de metade dos custos operacionais de um hospital, o que requer uma busca incessante por métodos para melhorar a eficiência das operações. Este trabalho é motivado pelo Hospital da Luz de Lisboa que identificou algumas necessidades neste planeamento, uma vez que se trata de um processo moroso, feito maioritariamente à mão e por tentativa e erro, o que acarreta habitualmente diversas inconsistências. Isto pode refletir-se num \textit{staff} insatisfeito ou em situações de escassez de pessoal, sobrecarregando o restante. A Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) serviu como caso de estudo e pretende incorporar preferências pessoais de uma forma equilibrada, garantindo uma escala justa. O algoritmo foi também aplicado no serviço de Imagiologia. Ambos têm pontos em comum, principalmente a necessidade emergente de encontrar uma solução para a gestão do pessoal. O algoritmo é capaz de encontrar boas aproximações da fronteira de Pareto em tempo útil. Para além disso, incorpora a possibilidade de escolher uma solução baseada em pesos atribuídos pelos decisores. A UCI mostrou-se satisfeita com os resultados, principalmente pelo algoritmo ser capaz de gerar uma escala equilibrada com a possibilidade de usar informação dos meses anteriores, contribuindo para uma gestão mais eficaz e justa a longo prazo.
Escalonamento, Algoritmo Genético, Justiça, Preferências, Multi-objetivo

Janeiro 22, 2021, 10:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

João Pedro Isidoro Colaço

Hospital da Luz

Especialista

ORIENTADOR

Daniel Rebelo dos Santos

Centro de Estudos de Gestão do Instituto Superior Técnico

Investigador Auxiliar