Dissertação

{pt_PT=Inversão tomográfica e deteção de anomalias de velocidade} {} EVALUATED

{pt=Hoje existe uma grande variedade de métodos que permitem a caracterização das propriedades petro-elásticas das formações geológicas da subsuperfície. Sendo assim, registos sísmicos têm sido utilizados para esta finalidade. No trabalho aqui desenvolvido, os tempos de primeiras chegadas de emissões acústicas são utilizados para construir um campo de velocidades 3-D recorrendo à uma técnica de reconstrução simultânea iterativa (SIRT). A sua aquisição envolveu a utilização de equipamentos como osciloscópio, transdutores piezoeléctricos e um modelo físico desenvolvido no GeoLab do IST. A técnica de otimização aplicada para este estudo, considera um modelo inicial homogêneo com velocidades constante. O mesmo é utilizado como ponto de partida para a busca local sobre o espaço do modelo, garantindo deste modo que o mesmo esteja mais próximo da melhor solução. O modelo inicial de velocidades constante é perturbado de maneira a tentar aproximar os dados observados aos calculados. Nesta etapa é calculado o volume de Fresnel baseando-se na equação eikonal que calcula os tempos de viagem entre as fontes e recetores com recurso a um esquema de diferenças finitas. Após o cálculo dos tempos, faz-se a atualização dos atrasos encontrados ao longo da extensão longitudinal (caminhos) das ondas para gerar os modelos. , en=Today there is a large variety of methods that allow the characterization of the petro-elastic properties of the geological formations of the subsurface. Therefore, seismic records have been used for this purpose. In the work developed here, the first arrival times of acoustic emissions are used to construct a field of 3-D velocities using a simultaneous iterative reconstructive technique (SIRT). Its acquisition involved the use of equipment such as oscilloscopes, piezoelectric transducers and a physical model developed in the IST GeoLab. The optimization technique applied for this study considers an initial homogeneous model with constant velocities. This model is used as a starting point for the local search over the model space, thus ensuring that it is closer to the best solution. The initial constant velocity model is disturbed in order to approximate the observed data to the calculated data. In this stage the fresnel volume is calculated based on the eikonal equation that calculates the travel times between the sources and receivers using a scheme of finite differences. After the calculation of the times, we update the slowness found along the longitudinal extension (paths) of the waves to generate the models. }
{pt=Inversão tomográfica, Tempos de viagem, Ondas longitudinais, Tensão e deformações internas., en=Tomographic inversion, Travel times, P waves, Stress and internal deformation.}

Abril 22, 2019, 9:30

Orientação

ORIENTADOR

Gustavo André Paneiro

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Colaborador Docente