Dissertação

{pt_PT=Performance-based design for evacuation} {} EVALUATED

{pt=O crescente número de desastres associados a grandes concentrações de pessoas tem vindo a promover uma maior responsabilidade na concepção de edifícios que permitem uma evacuação em segurança. Consequentemente, tem havido um investimento no desenvolvimento de ferramentas que avaliam o desempenho de evacuação de um edifício. O emprego dessas ferramentas tem sido essencialmente limitado a fases finais de projecto. Esta aplicação é limitada, uma vez que em fases finais o arquiteto está condicionado pela pouca flexibilidade em implementar mudanças relevantes. Performance-Based Design (PBD) é uma abordagem de projecto que tenta resolver esse problema. Usando PBD, o arquiteto integra feedbacks de avaliação de desempenho quantificáveis ​​em fases iniciais do projecto, o que permite ao arquitecto desenvolver um processo de projecto informado. No desenvolvimento de um projeto, o arquitecto considera continuamente caminhos de exploração alternativos. No entanto, no contexto de PBD, o tempo e o trabalho necessários para avaliar alternativas inibem o número de variações que o arquitecto está disposto a experimentar. A modelação paramétrica (PM) apresenta-se como uma potencial solução para este problema. Na PM, o arquitecto, em vez de definir uma solução específica, desenvolve um modelo que define um conceito de projecto. Esse modelo permite gerar automaticamente variações dentro desse conceito. Neste trabalho, exploramos a combinação de PM e de ferramentas de simulação de evacuação, dentro do contexto de PBD. Espera-se que, na combinação destas tecnologias emergentes, seja possível fazer uma aplicação mais vantajosa de ferramentas de simulação de evacuação no desenvolvimento de projetos arquitectónicos mais seguros., en=The increasing number of crowd disasters has promoted a greater responsibility in designing buildings that allow a safe evacuation in case of emergency. Consequently, there has been an investment in developing tools that can assess the evacuation performance of a building. The employment of these tools has been essentially restricted to the final stages of the design process. This application is rather limited, as in final stages the architect is conditioned in the flexibility to implement relevant changes. Performance-Based Design (PBD) is a design approach that attempts to solve this problem. Using PBD, the architect integrates quantifiable performance feedbacks from the early stages of design. Hence, the architect is able to develop an informed design process. In the development of a project, the architect continuously considers alternative exploration paths. However, in the context of PBD, the time and work required to evaluate design alternatives inhibit the number of variations that the architect is willing to try, thus constraining the exploration process. Parametric Modeling (PM) presents itself as a potential solution to this problem. In PM the architect, instead of defining a specific design, develops a model that defines a design concept. That model allows to automatically generate variations within that design concept. In this work we explore the combination of PM and evacuation simulation tools, within the context of PBD. We expect that, in the combination of these emerging technologies, one can make a more profitable application of evacuation simulation tools in the development of safer architectural projects.}
{pt=Modelação Paramétrica, Performance-Based Design, Evacuação, Simulação, en=Parametric Design, Performance-Based Design, Evacuation, Simulation}

Junho 29, 2018, 10:0

Orientação

ORIENTADOR

António Paulo Teles de Menezes Correia Leitão

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar