Dissertação

{pt_PT=Análise custo-benefício de reforço sísmico: uma aplicação a edifícios antigos mistos de alvenaria-betão armado} {} EVALUATED

{pt=Os edifícios mistos alvenaria-betão armado, constituem uma parte significativa do edificado português. Tal como a generalidade das construções concluídas a priori dos primeiros regulamentos sísmicos, esta tipologia apresenta muitas vulnerabilidades que aumenta o risco sísmico de grandes cidades como Lisboa. Porém, a compreensão do comportamento destes edifícios, sob ação do sismo, permite atuar eficazmente, recorrendo a técnicas de reforço que reduzem consideravelmente os danos sofridos. Analisaram-se dois edifícios de “placa”, dispostos em banda, localizados no Bairro de Alvalade. Numa primeira fase desenvolveu-se a modelação do caso de estudo através do programa 3Muri/TREMURI, que avalia exclusivamente o comportamento global sísmico dos edifícios, e posteriormente submeteu-se o modelo a uma análise estática não linear, seguindo as diretivas do EC8. Os resultados obtidos confirmam a premissa deste trabalho, não verificando a condição de segurança regulamentar. Através dos resultados obtidos, foram modeladas e analisadas quatro hipóteses de reforço sísmico, sendo três delas aplicadas nas paredes de alvenaria (pregagens costura, reboco armado e manta FRP) e uma aplicada ao nível dos pavimentos de madeira (contraventamento dos pisos de madeira). Os três primeiros reforços melhoraram substancialmente ao desempenho sísmico do caso de estudo mas o mesmo não se verificou com a última solução de reforço. Seguidamente, desenvolveram-se análises de viabilidade para os três primeiros reforços. Para tal, foram realizadas análises custo-benefício recorrendo a curvas de fragilidade, calculadas em conformidade com a metodologia HAZUS-MH 2.1. Concluiu-se que, dos três reforços estudados e de acordo com as simplificações e pressupostos admitidos, as pregagens costura são o mais eficaz. , en=Mixed masonry-reinforced concrete buildings represent a significant part of the Portuguese building stock. Similarly to most of the constructions completed before the introduction of the first seismic regulations, this typology presents many vulnerabilities that increases the seismic risk of big cities like Lisbon. However, understanding the behavior of these buildings, under seismic action, allows to act effectively, employing reinforcement techniques that considerably reduce the damage suffered. Two mixed buildings, arranged in a band, from Bairro de Alvalade were analyzed. The modeling of the study case was developed through the 3Muri/TREMURI program, which was then subjected to a nonlinear static analysis accordingly to EC8 directives. Through the obtained results, four hypotheses of reinforcement were modeled and analyzed, three of them being applied on the masonry walls (steel tie bars, reinforced plaster and FRP blanket) and one applied on the wood floors (bracing of wood floors). The first three reinforcements substantially improved the seismic performance of the case study but the same did not occur with the last reinforcement. Finally, the feasibility of the first three reinforcements was developed. To this end, a cost-benefit analysis was realized using fragility curves calculated in accordance with the HAZUS-MH 2.1 methodology. It was concluded that the steel tie rods are the most effective reinforcement of the three studied, according to the simplifications and assumptions considered. }
{pt=Edifício de “placa”, Estrutura mista alvenaria-betão armado, Análise Estática Não Linear, Análise Custo-Benefício, Curvas Pushover, Curvas de Fragilidade, en=“Placa” buildings, Mixed masonry-reinforced concrete, Nonlinear Static Analysis, Cost-Benefit Analysis, Pushover curves, Fragility curves}

Junho 29, 2018, 9:0

Orientação

ORIENTADOR

Rita Maria Do Pranto Nogueira Leite Pereira Bento

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado

ORIENTADOR

Carlos Paulo Novais Oliveira da Silva Cruz

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar