Dissertação

{pt_PT=Palácio Galveias: Evolução de uma Casa Nobre} {} EVALUATED

{pt=No largo do Campo Pequeno, contido pela consolidação da malha urbana das Avenidas Novas, encontramos hoje um notável palácio seiscentista que acolhe a Biblioteca Municipal Central de Lisboa. O Palácio Galveias, caso de estudo para o desenvolvimento deste trabalho, pertencia a um alargado conjunto de terrenos que constituíam a Quinta dos Távora. Apesar de, anteriormente, desfrutar de um enquadramento caracterizado pela ruralidade dos subúrbios, encontramo-lo agora despoticamente isolado do seu contexto e amplamente alterado no seu interior, permanecendo essencialmente a sua imagem global e exterior pela formalidade e preponderância da sua linguagem arquitetónica. A inexistência de uma monografia ou de qualquer outro trabalho de fundo, sobre este edifício, que surge como elemento de referência pelo seu valor histórico e arquitetónico e pela importância da sua função atual, instigou a necessidade de, sobre ele, se desenvolver uma pesquisa e investigação cuidadas que permitissem recriar a sua evolução ao longo dos séculos. Justificou-se, portanto, a oportunidade de estudar e analisar esta casa nobre, readaptada aos tempos modernos, no seu significado como património da cidade e no seu desempenho como biblioteca. Pretende-se assim, com esta dissertação e através da última intervenção no Palácio, que nos chega totalmente documentada, contribuir para a reflexão sobre temas como a reabilitação deste tipo de edifícios, implícita na revitalização das cidades históricas, e divulgar a importância inerente à compatibilidade de usos e à consciente intervenção contemporânea no património cultural., en=Overlooking Campo Pequeno, Galveias Palace is located on the southeast corner of this latter field that is now contained by the dense urban fabric of Avenidas Novas. Since 1931 this remarkable building ceased to be a noble house to accommodate the Municipal Library of Lisbon, where the city’s museum and archive have also taken place. This 17th century Palace was part of an extended land belonging to the Távora family. It was located on the suburbs, a typical rural environment, until the urban expansion completely transformed its surroundings and forced its detachment from the original context. Additionally, the different occupants have modified the interior spaces over time, only allowing its initial expression to be kept on the building’s façades. The fact that there is no monograph or any substantial work about this building until today, brought out the need to develop the undertaken investigation and research about the evolution of the Palace over the years. The opportunity to analyze the transformation of a noble house to a library, readapted to the modern times, is of great interest not only because it now plays an important role in the community, but also because it has great historical and architectural value. It is intended that through the last, fully documented, intervention a meaningful contribution will be provided regarding a deeper reflection on the rehabilitation theme, including the flexibility and capability of the building to accommodate to new functions and the importance of conscious intervention on cultural heritage. }
{pt=Palácio Galveias, casa nobre, reabilitação, biblioteca, Lisboa., en=Galveias Palace, noble house, rehabilitation, library, Lisbon.}

Maio 7, 2020, 16:30

Orientação

ORIENTADOR

João Rosa Vieira Caldas

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado