Dissertação

{pt_PT=Air quality in underground mining. Suggested adjustments for the fulfilment of the Commission Directive 2017/164} {} EVALUATED

{pt=A Diretiva (UE) 2017/164 da Comissão Europeia, lançada a 31 de janeiro de 2017, possui estabelecidos novos valores-limite indicativos de exposição profissional (IOELV) para agentes químicos. O sexto artigo está relacionado com a implementação de novos valores-limite para os gases CO, NO e NO2 na indústria mineira em subterrâneo. Este estudo visa compreender os principais contribuintes destes gases tóxicos e possíveis medidas de mitigação. Na Diretiva, não existe indicação de qual deverá ser a metodologia para obter os valores dos gases tóxicos. Consequentemente, foi desenvolvida uma proposta que pretende reunir dados relacionados com a qualidade do ar e a sua posterior análise. O método considera a avaliação de todos os locais e operações, adaptável a todas as minas. A metodologia de avaliação é dividida em três fases: caracterização da mina em análise, metodologia de medição e análise de dados. Após o desenvolvimento da metodologia de avaliação, foi possível aplicá-la em dois casos de estudo. No primeiro, foi possível realizar medições diretas durante os meses de julho e agosto de 2019. Foram recolhidos dados de 20 situações, permitindo compreender a situação atual em todos os tipos de locais e operações da mina. No segundo, os dados foram fornecidos pela mina, para posterior análise. Neste caso, a metodologia foi implementada apenas parcialmente, e os dados analisados foram apenas relacionados no ciclo de limpeza. Foram também analisados possíveis ajustes para atingir os IOELV da Diretiva e, consequentemente, aumentar a qualidade do ar, melhorando o ambiente ocupacional nos locais de trabalho em subterrâneo., en=The European Commission Directive (EU) 2017/164, published on the 31st of January 2017, has new Indicative Occupational Exposure Limit Values (IOELV) for chemical agents. The sixth article concerns the implementation of new limit-values for CO, NO and NO2 gases in the underground mining industry. This study aims to understand the main contributors of these toxic gases and possible mitigation measures. In the Directive, there is no indication of which methodology should be used to attain toxic gas’ values. As a result, a method has been developed to gather air quality data and its further analysis. The developed method considers the assessment of all sites and operations, adaptable to all mines. The methodology is divided in three phases: characterization of the mine under analysis, measurement methodology and data analysis. After the methodology was developed, it was applied in two case studies. In the first case, it was possible to perform direct measurements during the months of July and August 2019. Data was collected referring 20 situations allowing the understanding of the current situation in all types of sites and operations of the mine. In the second case, data was provided by the mine for further analysis. Here, the methodology was only partially implemented, and the data analysed was only related to the cleaning cycle. Possible adjustments to meet the Directive's IOELVs and, consequently, to increase air quality by improving underground workplaces were also analysed. }
{pt=Qualidade do ar, Indústria mineira em subterrâneo, Explosivos, Equipamento a diesel, en=Air Quality, Underground Mining, Explosives, Diesel Equipment}

Novembro 29, 2019, 11:0

Orientação

ORIENTADOR

Pedro Alexandre Marques Bernardo

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar Convidado

ORIENTADOR

Nikolaus August Sifferlinger

Montauniversitat Leoben

Professor