Dissertação

{pt_PT=Avaliação de impactes ambientais de trotinete elétrica através da análise de ciclo de vida} {} EVALUATED

{pt=O sistema de partilha das trotinetes elétricas surgiu em Lisboa como uma nova forma de mobilidade para curtas distâncias, apresentando-se como um sistema inovador e que não polui durante a sua utilização por ser um modo de transporte elétrico. Estas diferenciam-se pelo facto de poderem ser estacionadas em qualquer lugar. Necessitam de ser recolhidas, carregadas e distribuídas, normalmente por veículos convencionais que poluem durante a sua utilização. Neste contexto, o objetivo desta dissertação consistiu em efetuar uma Análise de Ciclo de Vida (ACV) de forma a contabilizar os impactes ambientais para todas as fases de vida de uma trotinete elétrica, desde a sua produção, utilização e fim de vida. Para as Alterações Climáticas, o Cenário Base de uma trotinete elétrica emite desde 804 a 1679 g CO2eq/km. Estes valores tão elevados justificam-se principalmente com a baixa utilização das trotinetes por parte dos utilizadores e ao baixo tempo de vida da trotinete. Os impactes associados à produção de uma trotinete correspondem a mais de 70% dos impactes totais, a recolha e distribuição são aproximadamente 9% e a utilização do veículo corresponde a cerca de 16%. Procedeu-se ainda a uma análise de sensibilidade variando o tempo de vida de uma trotinete, os quilómetros realizados por dia e a cadência de recolha das trotinetes. Concluindo-se que aumentar o tempo de vida diminui os impactes ambientais entre 22% a 46%, aumentar a quilometragem diária reduz os resultados entre 50% a 80% e uma recolha menos frequente permite diminuir os resultados entre 11% a 48%., en=The electric scooter sharing system emerged in Lisbon as a new form of mobility for short distances, presenting itself as an innovative system that does not pollute during its use for being an electric transport mode. E-scooters differ mainly from the fact that they are dockless. However, these need to be collected, charged and distributed on the city streets by conventional vehicles that pollute during their use. The main objective of this dissertation is to perform a Life Cycle Analysis (LCA) in order to account the environmental impacts for all life stages of an e-scooter, from its production, use and end-of-life. For the Base Scenario of the Climate Change category, an e-scooter emits 804 to 1679 grams of CO2eq per kilometre. The main reasons these values are high is the low use of e-scooters by users and the low scooter life span. The impacts associated with the production of an e-scooter are more than 70% of the total impact, those related with the collection and distribution process are approximately 9% and to the use of the vehicle corresponds to about 16%. A sensitivity analysis was also carried out, varying the lifetime of the e-scooter, the kilometres per day and the frequency of scooters’ pickup. In the end, increasing lifetime, increasing the number of kilometres per day, and reducing the frequency of scooters’ pickup, reduces environmental impacts by 22% to 46%, 50% to 80%, and 11% to 48%, respectively.}
{pt=Análise de Ciclo de Vida, ACV, Trotinetes Elétricas, Impactes Ambientais, Transportes., en=Life Cycle Assessment, LCA, Electric Scooters, Environmental Impacts, Transportation.}

Outubro 19, 2020, 17:30

Orientação

ORIENTADOR

Filipe Manuel Mercier Vilaça e Moura

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado

ORIENTADOR

Patrícia De Carvalho Baptista

IN+ Center for Innovation, Technology and Policy Research

Investigador Principal