Dissertação

Teacher Demand Model for Basic Education EVALUATED

Durante of últimos anos o Ministério da Educação e Ciência (MEC) tem sido acusado de utilizar contratos temporários em vez de permanentes para satisfazer as necessidades de professores do sistema educativo. No fim de 2013 a Comissão Europeia exigiu que este tratamento discriminatório dos professores a contrato temporário acabasse. Nós desenvolvemos um modelo de dinâmica de sistemas da procura de professores para ajudar o MEC a estimar as necessidades de docentes do sistema, quanto tempo esperamos que estas durem, e para fornecer ideias para o desenvolvimento de uma política de contratação de professores. Simulámos a evolução das necessidades de professores até 2063 utilizando as previsões da taxa de natalidade do Instituto Nacional de Estatística (INE). As políticas de contratação testadas foram não contratar, contratar professores para manter constante o rácio alunos por professor e contratar de acordo com as necessidades de horas lectivas. Concluímos que em cada momento (a) os professores devem ser contratados utilizando uma métrica que reflita necessidades reais, por exemplo, necessidades de horas lectivas, e que (b) o número estimado de professores necessários pode ser totalmente contratado, porque as necessidades não vão diminuir com o tempo.
Necessidades de Professores, Educação, Formulação de Políticas, Dinâmica de Sistemas

Novembro 14, 2014, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Pedro Miguel Félix Brogueira

Departamento de Física (DF)

Professor Associado

ORIENTADOR

João Pedro Bettencourt de Melo Mendes

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar