Dissertação

Impact of proton-proton nuclear reaction in the evolution of a post-main sequence star EVALUATED

Nesta tese investigamos a sensibilidade de estrelas na fase pós Sequência Principal à incerteza no factor astrofísico da reacção nuclear protão-protão, nomeadamente o impacto na evolução de uma estrela teste com 1.5 massas solares. Através da utilização de modelos evolutivos de alta precisão, nos quais se utilizaram três factores astrofísicos diferentes publicados na literatura, mostramos que a estrutura das estrelas é particularmente sensível à mudança nesta fase da evolução, e que estrelas com 0.9 e 7.0 massas solares também mostram alguma sensibilidade a esta reacção nuclear. Contudo, estes dois casos não foram analisados em detalhe. Além disso, mostramos que esta sensibilidade produz efeitos possivelmente mensuráveis na sismologia da nossa estrela teste, para a qual obtivemos uma diferença máxima de cerca de 1.3 μHz entre as curvas da grande separação em função da frequência para modos radiais na mesma fase da evolução. Esta análise poderia permitir a distinção entre os diferentes factores astrofísicos se o erro médio na medição das frequências próprias fosse inferior ou igual a 0.65 μHz. Também verificamos que estas condições de mensurabilidade ocorrem especificamente na fase pós Sequência Principal, antes e depois da qual as diferenças se tornam muito mais pequenas. Estes efeitos parecem ter um máximo numa fase em que o transporte de energia é predominantemente radiativo.
astro-sismologia, estrelas, reacções nucleares, protão-protão

Novembro 9, 2017, 13:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Ilídio Pereira Lopes

Departamento de Física (DF)

Professor Auxiliar