Dissertação

Development of Raman spectroscopic methodology for in vivo determination of skin penetration and permeation of topically applied compound EVALUATED

A metodologia de espectroscopia Raman desenvolvida é capaz de fornecer informação quantitativa para diferentes aplicações na pele, com a detecção de compostos activos farmacêuticos (APIs) em produtos tópicos. A premissa deste método é baseada na calibração quantitativa destes APIs, que relaciona o rácio mássico de um conjunto de soluções de API com o rácio de intensidade dos sinais Raman destas soluções. O método é universal, em teoria, para qualquer API que possa ser dissolvido nesta biblioteca de solventes criada para a metodologia. A proteína albumina de sérum bovino foi utilizada como aproximação à queratina no stratum corneum, que permite a quantificação em unidades de mg API/g queratina. O primeiro solvente a ser adicionado a biblioteca foi a água, com um factor de quantificação de 3,294 × 10−5 mg água ⁄ g queratina com um erro relativo de ±19,80%. Novos APIs solúveis em água podem ser calibrados e usados em estudos na pele. A maioria dos APIs calibrados nesta tese foram dissolvidos em etanol. A calibração de etanol em água tem um factor de quantificação de 1,409×10−6 mg etanol / g queratina com um error relativo de ±22,53%. Acetona (factor de quantificação de 1,167× 10−6 mg acetona / g queratina ± 24,59%), e óleo MCT (factor de quantificação de 1,838×10−6 mg óleo/ g queratina ±27,33%) foram calibração e adicionados à biblioteca da metodologia. Esta adição validou a premissa que o método pode ser alargado para novos solventes. Estudos in vivo em pele foram feitos para testar a aplicação do método desenvolvido.
Raman; Pele; Composto activo; Regressão

Junho 12, 2018, 15:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Luís Filipe Da Silva dos Santos

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Gerwin Puppels

RiverD International B.V.

Doutor