Dissertação

{en_GB=Health Care and Game Theory – An application to liver transplantation} {} EVALUATED

{pt=Uma consulta médica pode ser um exemplo extremamente complexo de interação humana. É na modelação desse tipo de interações que a Teoria dos Jogos pode desempenhar um papel fundamental na melhoria dos resultados médicos. A teoria dos jogos é amplamente usada em estudos de diversas áreas. No entanto, existem poucos exemplos de estudos onde é a aplicada a questões de saúde, nomeadamente à relação entre o médico e o paciente em tratamentos médicos mais complicados e prolongados. Este estudo usa teoria de jogos para modelar a consulta médica de transplante hepático para pacientes que sofrem de doença hepática alcoólica (DHA). A DHA é uma doença que deixa os pacientes em situações muito delicadas, especialmente fase terminal. O processo de transplante hepático envolve negociação com o paciente, e é comum este tentar enganar os médicos para ser beneficiado e receber o transplante. Tendo em conta que os fígados disponíveis para transplante são um recurso escasso, é necessário que o candidato cumpra rigorosamente uma série de requisitos. Foram analisados jogos nas formas normal e extensiva, e os respetivos equilíbrios foram calculados. Os resultados sugerem algumas implicações de política em matéria de saúde, que devem ser usadas para obter melhores resultados. A análise do jogo na forma normal mostra quais os parâmetros que influenciam o nível de cooperação, tanto para o médico como para o paciente. A análise do jogo na forma extensiva mostra como alterar o jogador (paciente ou médico) que decide primeiro pode levar a equilíbrios mais cooperativos., en=Even though nowadays medicine is necessarily linked with technology, it is still a service involving a lot of human interaction. Indeed, a medical consultation can be an extremely complex example of human interaction. This is where game theory (GT) may play a key role in helping to improve the results of medical processes. GT is widely used in an immense variety of study fields, but there is little application to healthcare issues, namely the doctor-patient relationship. This study uses GT to model the liver transplantation consultation for patients suffering from Alcoholic Liver Disease (ALD). ALD is a very delicate disease, and patients at its end-stages require special dedication. They may try to deceive doctors which may lead to bad outcomes. Strategic and extensive form games are analysed, and the equilibrium solutions computed. Results show some health policy implications on the parameters that should be managed to achieve better outcomes. The analysis of the strategic form game shows which parameters influence the cooperation rates, both for the doctor and the patient. The analysis of the extensive form game shows how to obtain a more cooperative outcome, depending on the player (patient or doctor) that moves first.}
{pt=Teoria dos Jogos, Transplante Hepático, Doença Hepática Alcoólica, Consulta Médica, en=Game Theory, Liver Transplantation, Alcoholic Liver Disease, Medical Consultation}

Junho 22, 2018, 14:0

Orientação

ORIENTADOR

Maria Margarida Martelo Catalão Lopes de Oliveira Pires Pina

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

José Rui De Matos Figueira

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Associado