Dissertação

{pt_PT=Avaliação de cenários de mobilidade em 2030 tendo como ferramenta a análise de ciclo de vida de veículos Diesel vs. Eléctrico } {} EVALUATED

{pt=Sendo o sector dos transportes dos maiores responsáveis pela emissão de gases de efeito de estufa (GEE), é de extrema importância que sejam desenvolvidas alternativas aos veículos de combustão interna, de forma a minimizar o impacto deste sector no ambiente. Uma das alternativas passa pela adopção de veículos eléctricos (VE), cujas emissões de GEE dependem do mix de produção de electricidade utilizado para o carregamento das baterias. Posto isto, esta dissertação foca-se na comparação entre um veículo eléctrico e um veículo diesel a circular em Portugal em 2030, considerando variáveis como os comportamentos de condução e zonas de circulação que resultam em diferentes consumos de combustível ou electricidade. São também analisados diferentes mix electricidade e evoluções do parque automóvel até 2030, incluindo a fracção de VE com base nos cenários desenvolvidos no MEET2030 e ainda um cenário business-as-usual. O projecto MEET2030 desenvolveu dois cenários distintos, o Avestruz e o Lince, com base na relação entre a eficiência energética e o crescimento económico, tendo influência nas emissões de GEE. Esta comparação foi desenvolvida através de uma análise de ciclo de vida (ACV), onde foram incluídas as fases de produção dos veículos e de utilização, em paralelo com a produção de combustível e electricidade para os respectivos veículos. As categorias de impacte analisadas, PAG e PFOT, indicam que os VE são responsáveis por menos emissões que os veículos a diesel, enquanto o PFP indica o oposto. No entanto, os resultados são variáveis consoante a fracção de carvão no mix de electricidade., en=The transport sector is responsible for a substantial portion of all greenhouse gas (GHG) emissions. It is of high priority to reduce the use of internal combustion vehicles in order to minimize the impact of this sector on the environment. The adoption of electric vehicles (EV) is one of the possible alternatives. However, the resultant GHG emissions can vary with the electricity mix used when charging the EV’s batteries. Electricity mixes, in turn, are expected to change significantly in the future. This dissertation compares an EV with a diesel vehicle in three different scenarios for Portugal and the Lisbon region in 2030, considering variables such as driving behavior on urban or normal roads, which can result in different fuel or electricity consumptions. The evolution of electricity mixes and the stock of vehicles until 2030 were also considered, including the EVs share, based on MEET2030 scenarios along with a business-as-usual scenario. The MEET2030 project includes two distinct perspectives, the Ostrich and the Lynx, based on energy efficiency and economic growth, which influence GHG emissions. This comparison was performed using life cycle assessment (LCA), which included the vehicle production and use phases, simultaneously with the production of fuel and electricity for each vehicle type. The impact categories analysed, Global Warming Potential and Tropospheric Ozone Formation Potential, showed that EV are responsible for less emissions than diesel vehicles, while Particle Formation Potential indicates the opposite. However, results can be different depending on the coal fraction present in the electricity mix.}
{pt=Veículos Eléctricos, Análise de Ciclo de Vida, MEET2030, Mix de Electricidade, Emissões Atmosféricas, Parque Automóvel, en=Electric Vehicles, Life Cycle Assessment, MEET2030, Electricity Mix, Atmospheric Emissions, Vehicle Stock}

Novembro 21, 2018, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Tania Alexandra Dos Santos Costa e Sousa

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Ricardo Filipe De Melo Teixeira

Secção de Ambiente e Energia (SAE)

Professor Auxiliar Convidado