Dissertação

Culture Platform for Induction of Human Induced Pluripotent Stem Cells into Cortical Neural Stem and Progenitor Cells under Chemically Defined Conditions EVALUATED

A recente descoberta de que células somáticas podem ser reprogramadas num estado indiferenciado pela expressão de quatro factores de transcrição resultou numa nova fonte de células estaminais pluripotentes (PSCs). Esta é uma ferramenta útil na descoberta de novos fármacos, no estudo e tratamento de doenças (neurodegenerativas e outras), possibilitando terapias direcionadas para o paciente. No entanto, a actual falta de protocolos eficientes e reprodutíveis de diferenciação de PSCs humanas induzidas (hiPSCs) em tipos de células específicos, que não usem materiais de origem animal e corpos embrióides para a indução neural constitui um desafio a superar. Neste estudo foi optimizado um sistema baseado em cultura aderente para expansão e indução de hiPSCs em células estaminais corticais e células progenitoras, seguindo o protocolo de dupla inibição da via SMAD, usando as pequenas moléculas SB-431542 e dorsomorphin/LDN-193189. As células obtidas foram caracterizadas por imunofluorescência, citometria de fluxo e RT-PCR. Em todas as condições ocorreu formação de rosetas neurais relembrando a formação do tubo neural. Células derivadas de hiPSCs cultivadas em meio N2B27 mostraram uma maior diferenciação em células da neuroectoderme Pax6-positivas e Oct4-negativas comparativamente às que foram cultivadas no tradicional meio KO-DMEM/SR. Para além disso, de forma a determinar se os substratos MatrigelTM e laminina poderiam ser substítuidos por substratos não xenogeicos, a matriz sintética SynthemaxTM foi usada e suportou a expansão e diferenciação de hiPSCs. A diferenciação destes progenitores neurais gerou neurónios Tuj1 e MAP2-positivos, e astrócitos GFAP-positivos. Resutados comparáveis foram obtidos com duas linhas celulares, demonstrando a robustez do método apresentado.
Células estaminais pluripotentes induzidas, indução neural, dupla inibição da via SMAD, diferenciação neural, células progenitoras neurais, neurónios corticais

Dezembro 10, 2013, 14:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

Joaquim Manuel Sampaio Cabral

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Catedrático

ORIENTADOR

Maria Margarida Fonseca Rodrigues Diogo

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Equip.Prof.Auxiliar Convidado