Dissertação

Overcoming automatic response tendencies: behavioral findings and model-based analyses EVALUATED

As bases do comportamento, nomeadamente aproximar estímulos positivos e evitar estímulos negativos, correspondem a tendências que conferem vantagens evolutivas. Contudo, estas reações automáticas, frequentemente, põem em causa a nossa integridade social. Deste modo, devemos ter a capacidade de apresentar respostas contraditórias (aproximar estímulos negativos e evitar estímulos positivos) que exigem um grande esforço cognitivo. O objetivo desta tese é verificar se a prática recorrente de tais respostas torna-as automáticas, conduzindo em última instância à habituação. Idealmente, esta repetição conduz ao estabelecimento de associações estáveis de estímulo-reação contraditória. Para provar esta hipótese, pedimos a participantes saudáveis que executassem uma Approach-Avoidance task computorizada, ao longo de 5 dias consecutivos de treino, e desenvolvemos novos modelos computacionais que se ajustaram aos tempos de reação adquiridos. O modelo que melhor se ajustou aos dados foi selecionado através de abordagens Bayesianas e demonstrou ser significativamente melhor que um modelo que assumia tempos de reação constantes ao longo do treino. O modelo selecionado, caraterizado por seis parâmetros, descreve processos relacionados com habit learning e controlo cognitivo, assim como princípios pavlovianos. Análises posteriores demonstraram que os participantes consideraram as imagens negativas apresentadas significativamente menos aversivas após o período de treino, possível consequência da habituação, traduzida pelo decréscimo significativo dos tempos de reação associados à condição approach negative. Futuramente, treinos semelhantes poderão ser protocolados e utilizados como terapia para pessoas que apresentem transtornos obsessivo-compulsivos, uma vez que a atual terapia de exposição e prevenção de resposta é incómoda, demorada e está associada a uma alta taxa de reincidência.
Approach-Avoidance task, Habituação, Modelação comportamental, Reações contraditórias.

Dezembro 9, 2015, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Tiago Vaz Maia

Instituto de Medicina Molecular

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Patrícia Margarida Piedade Figueiredo

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar