Sumários

Fire behaviour and fire protection of the construction materials. Fire protection of the construction materials

16 Dezembro 2020, 12:30 Augusto Martins Gomes

Main causes of fire in buildings. Fire triangle. ISO 834 fire normalized curve. Fire behaviour of the materials: wood, natural stones, concrete, ceramics, glass, polymers, paints and varnishes. Fire behaviour of the concrete, steel and timber structures. Evolution of the strength and stiffness of the concrete, steel and timber with the temperature increase. Materials classes of reaction to fire performance classes – EN 13 501. Building element fire behaviour – R E I. Protection of the structural elements to the fire action: concrete, steel and timber. Coatings with concrete, lightweight concrete, expanded clay, plasters, glass wool and rock wool, vermiculite boards, calcium silicate boards, shot mortars and intumescent paintings. 

Protection of the structural elements to the fire action: concrete, steel and timber. Coatings with concrete, lightweight concrete, expanded clay, plasters, glass wool and rock wool, vermiculite boards, calcium silicate boards, shot mortars and intumescent paintings. 


Comportamento e Protecção ao fogo dos materiais estruturais (aula online)

16 Dezembro 2020, 10:00 Augusto Martins Gomes

Principais causas de incêndio nos edifícios. Triângulo do Fogo. Desenvolvimento e propagação de um incêndio, fases de um incêndio. Curva de incêndio normalizada - ISO 834. Comportamento ao fogo dos principais materiais de construção: madeiras e derivados, cortiça, pedras naturais, betão, aço, cerâmicos, vidro, polímeros, tintas e vernizes.  Comportamento à acção de incêndio dos elementos estruturais de betão, aço e madeira. Evolução das características mecânicas - resistência e módulo de elasticidade) - do betão e do aço com a temperatura. Classes de reacção ao fogo dos materiais: EN 13501 – A, B, C, D, E e F e classificação nacional LNEC M0, M1, M2, M3 e M4. Classes de resistência à acção do fogo dos elementos de um edifício de acordo com a normalização Europeia  – REI- Capacidade de carga (R), estanquidade às chamas e gases (E) e isolamento térmico (I) e classificação Nacional anterior (EF, PC e CF). 

Protecção dos elementos estruturais à acção de incêndio: estruturas de betão armado, de aço e de madeira.

Incremento da resistência à acção de incêndio das estruturas de betão armado: localização em planta dos elementos resistentes, incremento do recobrimento das armaduras, posição dos varões na secção transversal e adição de fibras de polipropileno e soluções de revestimento exterior com elementos de pré-laje. Princípios da verificação da segurança à acção de incêndio.

Protecção dos elementos de estrutura metálica. Revestimentos de betão, de betão leve, de placas de gesso, de placas silicato de cálcio, de argamassas projectadas com perlite e verniculite, mantas de fibras minerais e tintas intumescentes.  

Melhoria do comportamento à acçõa de incêndio dos elementos estruturais em madeira. Impregnação com produtos ignífugos. Verificação da segurança: princípios do método da secção residual.


Degradação e Conservação de Materiais Pétreos e Similares

16 Dezembro 2020, 08:00 Ana Paula Patrício Teixeira Ferreira Pinto França de Santana

Conceitos de eficácia, nocividade e durabilidade de acções de conservação.

Degradação e Conservação de Materiais Pétreos e Similares

  • Limpeza de superfícies pétreas e similares:
    • requisitos, formas de alteração/degradação envolvidas em acções de limpeza, métodos de limpeza
    • Biocolonização, métodos de limpeza, biocidas
  • Tratamentos hidrófugos: requisitos, métodos de actuação, produtos, avaliação do desempenho
  • Tratamentos consolidantes: requisitos, métodos de actuação, produtos, avaliação do desempenho 


Degradation and conservation of stone and similar materials  

15 Dezembro 2020, 11:30 Ana Paula Patrício Teixeira Ferreira Pinto França de Santana

Concepts of efficacy, durability and harmfulness of conservation actions / treatments

Degradation and conservation of stone and similar materials:
  • Cleaning of stones and similar surfaces:
    • requirements, forms of alteration / degradation involved in cleaning actions
    • cleaning methods
    • Biocolonization: cleaning methods, biocides
  • Water repellent treatments: products, requirements, application procedures, performance assessment
  • Consolidation treatments: products, requirements, application procedures, performance assessment 


Timber degradation and protection. Timber preservative treatment

9 Dezembro 2020, 12:30 Augusto Martins Gomes

Standards and Euro Norms for timber design and durability.  Wood: growth rings, summer and spring wood, heartwood and sapwood. Timber water content. Equilibrium water content.

Durability of the various wood species – EN 350. . Wood degradation causes and processes. Timber degradation by physical and chemical agents. Sunlight and exposure to dying/weting cycles with large amplitude. Wood decay by biological agents. Timber degradation by wood-destroying insects and fungi. Natural durability and treatability of wood species – EN 350. Classes of environmental exposure risk – EN 335.

Preservative treatment requirements and natural durability of solid wood - EN 460 - fungus, borers and termites. Conservation and protection of wood: wood specie selection and protection actions.

Timber preservation products; oily, aqueous (CCA, CCD and CCF) and organic solvent. Treatment processes: brush, sprinkling, dipping and pressure and vacuum impregnation.

Measures to prevent the progression of the wood degradation: environmental moisture control, protection against the water contact. Timber surface protections: paints, varnishes and coatings.