Dissertação

{pt_PT=Um modelo empírico das motivações de empreendedores sociais} {} EVALUATED

{pt=As motivações iniciais dos empreendedores sociais são cruciais para a criação de empresas sociais e têm sido alvo de alguns estudos. No entanto, as motivações que ocorrem durante a persistência destas empresas têm sido muito menos estudadas. O objetivo principal do presente trabalho é estudar as motivações iniciais na criação de empresas sociais no Peru, bem como analisar a dinâmica das motivações e atividades ao longo do tempo (estudo longitudinal), e construir um modelo que integre os resultados obtidos. Para tal, foram feitas entrevistas a representantes de nove empresas sociais híbridas do Peru (motivações iniciais), tendo sido usadas quatro destas entrevistas para o estudo longitudinal. As motivações foram classificadas nas categorias seguintes: ajudar a sociedade, apoio da rede social, proximidade com o problema social, sustentabilidade financeira, contexto institucional, realização pessoal, contexto cultural e contexto de mercado. Na criação de uma empresa social, a motivação considerada fundamental foi a de ajudar a sociedade, tendo também sido importantes a realização pessoal, a proximidade com o problema social e o contexto de mercado. Durante a persistência das empresas sociais, as motivações de contexto de mercado e de ajudar a sociedade mantiveram-se relevantes, nomeadamente a de ajudar a sociedade, que parece ter sido reforçada. Porém, durante a persistência, a motivação que recorrentemente gerou mais atividades foi a sustentabilidade financeira, tendo sido considerada vantajosa a instalação precoce desta motivação. Finalmente, é sugerido que a relação entre a sustentabilidade financeira e o ajudar a sociedade é crucial na persistência das empresas sociais híbridas estudadas., en=The initial motivations of social entrepreneurs are crucial to the creation of social enterprises and have been the subject of some studies. However, the motivations that occur during the persistence of these organizations have been much less studied. The main objective of the present work is to study the initial motivations in the creation of social enterprises in Peru, as well as to analyse the dynamics of motivations and activities over time (longitudinal study), and to design a model that integrates the results obtained. To this end, interviews were conducted with nine hybrid social enterprises from Peru (initial motivations), and four of these interviews were used for the longitudinal study. Motivations were classified into the following categories: helping society, social network support, closeness to the social problem, financial sustainability, personal fulfilment, institutional context, cultural context and market context. In the creation of a social enterprise, the main motivation was the helping society one, although the personal fulfilment, the closeness to the social problem and the market context have also been important. During the persistence of social enterprises, market context and helping society motivations remained relevant, especially the helping society motivation that seems to have been reinforced. However, during the persistence, the motivation that recurrently generated more activities is the financial sustainability one, and the early setup of this motivation was considered advantageous. Finally, it has been suggested that the relation between financial sustainability and helping society motivations is crucial in the persistence of the analysed hybrid social enterprises. }
{pt=Empreendedor social, empresa social, empresa híbrida, motivação, criação e persistência de empresas, estudo longitudinal, en=Social entrepreneur, social enterprise, hybrid organization, motivation, enterprise creation and persistence, longitudinal study}

Novembro 20, 2018, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Joana Serra da Luz Mendonça

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Assistente