Dissertação

{en_GB=Firm Dynamics in the Transportation Industry} {} EVALUATED

{pt=As dinâmicas empresariais, como a sobrevivência e o crescimento, assumem uma considerável importância para as economias nacionais e, consequentemente, para a economia mundial. O estudo destas dinâmicas permite um maior entendimento sobre a forma como as empresas podem prosperar e promover maiores oportunidades de emprego e crescimento económico. O objectivo desta dissertação é compreender de que forma as características e decisões das empresas de transportes e armazenagens influenciam a sua sobrevivência e, aproveitando a extensa literatura, desenvolvendo e estimando modelos de duração de riscos proporcionais. Os dados usados nesta dissertação provêm do Sistema de Contas Integradas das Empresas, fornecido pelo Instituto Nacional de Estatística. Utilizando vários modelos de proportional hazards, é possível estimar a sobrevivência das empresas e quais os factores que mais a influenciam. Analisamos o impacto da idade da empresa, o seu tamanho em termos de número de trabalhadores, tanto atuais como à data da fundação da empresa, as decisões de exportar, importar e investir em novas tecnologias, o crescimento da empresa e a concentração do mercado. Os resultados deste estudo indicam que empresas com mais tempo no mercado, que operaram no mercado internacional e com maior número de trabalhadores apresentam um menor hazard de saída do mercado. Encontraram-se indícios de que o número de trabalhadores à data da fundação não influencia de sobremaneira a sobrevivência da empresa. Porém, não foi possível encontrar evidências quanto à influência do crescimento em número de trabalhadores, investimento em inovação e da concentração do mercado na sobrevivência das empresas., en=Firm dynamics such as survival and growth are of the utmost importance for the national economies and, consequentially to the worldwide economy as well. The study of these dynamics allows for a better understanding of the way firms can prosper and provide more job opportunities and economic growth. The goal of this thesis is to understand how characteristics and decisions of the transportation and storage industries in Portugal influence firm survival and, making use of the extensive literature, to develop and estimate a proportional hazard model to measure survival. The data used in this work originates from the Portuguese dataset Sistema de Contas Integradas das Empresas provided by the Portuguese National Institute of Statistics. Using various proportional hazards models it is possible to estimate firm survival and which factor influence it the most. We analyzed the impact of firm age, its size in number of workers, both at the current time and at the start up time, the decisions to export, import and invest in new technologies, the growth of the firm and the market concentration. The results of this study indicate that firms that remain in the market for a longer time, operate in the international markets and with a larger number of employees have a lower hazard of exit. We found evidence that the firm’s startup size was not very influential in firm survival. However, it was not possible to find evidence regarding the influence of growth, investment in innovation and market concentration on firm survival.}
{pt=sobrevivência, dinâmicas empresariais, indústria de transportes, indústria de armazenagem, duração, en=survival, firm dynamics, transportation industry, storage industry, duration}

Junho 6, 2019, 11:30

Orientação

ORIENTADOR

Hugo Miguel Fragoso de Castro Silva

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar Convidado