Dissertação

{pt_PT=Tecnologias Clássicas de Produção versus Hybrid Manufacturing. Desenvolvimento de um modelo económico comparativo para produção de peças metálicas} {} EVALUATED

{pt=As tecnologias de Fabrico Aditivo Metálico (FAM) começaram a ser desenvolvidas há muitos anos, tendo até agora sido principalmente utilizadas na realização de protótipos. Com o aparecimento da quarta revolução industrial, indústria 4.0, as tecnologias de produção que permitem maior partilha de informação e automação têm sido incorporadas nos processos produtivos, como é o caso de Fabrico Aditivo (FA). As tecnologias de FA apresentam inúmeras vantagens quando comparadas com tecnologias clássicas de produção, como o caso de Produção Subtrativa (PS) ou de Fundição, sendo uma das maiores a possibilidade de produção de peças com elevada variabilidade e em pequena quantidade, na procura com custos de fabrico reduzidos, como as peças de substituição. As empresas que procuram aplicar as tecnologias de FA na produção de peças de substituição pretendem conhecer quais as vantagens e desvantagens destas tecnologias quando comparadas com tecnologias clássicas de produção. Assim, é essencial o conhecimento sobre os custos de cada tecnologia para a tomada de decisão entre as tecnologias a utilizar. Esta dissertação foca-se no desenvolvimento de um modelo económico comparativo entre tecnologias avançadas de produção - FA e FH, e tecnologias clássicas - PS e fundição. O modelo desenvolvido foi validado com recurso a dois casos de estudo, com o objetivo de criar um modelo adaptado e alinhado com a realidade empresarial. Espera-se que este modelo, implementado no Microsoft Excel, seja uma ferramenta de apoio à tomada de decisão de qual tecnologia a utilizar para cada peça a produzir tendo em conta os custos associados., en=Metal Additive Manufacturing technologies began to be developed many years ago, until know, have been mainly used to produced prototypes. With the fourth industrial revolution, industry 4.0, the production technologies that allow greater information sharing, more automatization and have been incorporated in the production processes, such as additive manufacturing (AM). Additive manufacturing technologies have many advantages when compared with traditional technologies of production, such as subtractive manufacturing (SM) or forming. AM is one of the major’s possibilities for spare parts production, with high demand variability with reduced manufacturing costs, even in the case of low quantities, as in the case of spare parts. Companies that seek to apply additive manufacturing technologies in the spare parts production, want to know what the advantages of those new technologies when compared with traditional technologies of production. Thus, knowledge about the costs of the technologies in the decision making between technologies to use is essential. This dissertation focuses on the development of an economic comparative model between advanced technologies – AM and HM and classical technologies – SM and forming. The validation of the developed model using two case studies as the objective of create an adapted and in line with business reality. It is expected that the implemented model, in Microsoft Excel, to be a decision-making tool of which technology to implement to each part to be produced having in consideration the associated costs.}
{pt=Fabricação Aditiva, Produção Subtrativa, Fundição, Fabricação Híbrida, Comparação de Custos, Produção de Peças de Substituição, en=Additive Manufacturing, Subtractive Manufacturing, Forming, Hybrid Manufacturing, Cost Comparison, Spare Parts Production}

Junho 28, 2019, 9:30

Orientação

ORIENTADOR

Eurico Gonçalves Assunção

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar Convidado

ORIENTADOR

Tânia Rodrigues Pereira Ramos

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar