Disciplina

Área

Área Científica de Engenharia e Gestão de Organizações > Mudança Tecnológica e Empreendedorismo

Activa nos planos curriculares

DFAEGT2006 > DFAEGT2006 > 3º Ciclo > Políticas de Engenharia, Ciência e Tecnologia > Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação

Nível

Trabalhos de grupo semanais. Trabalho final individual. Apresentações orais.

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

3.0 h/semana

168.0 h/semestre

Objectivos

Proporcionar aos alunos conhecimentos ao nível do papel da Ciência e Tecnologia na sociedade e na economia. Discutir o papel do estado e do sector privado no financiamento na I&D e inovação. Apresentar metodologias de medição da intensidades da I&D e da inovação. Discutir o papel do empreendedorismo de base tecnológica e da transferência de tecnologia em Portugal na renovação dos mercados, aumento da competitividade empresarial, e desenvolvimento económico. Discutir o efeito da inovação tecnológica sobre a produtividade e a desigualdade de rendimentos, Discutir o papel da localização geográfica e do "capital social" na geração de desenvolvimento económico regional.

Programa

A importância socio-económica da ciência e tecnologia (C&T). Características do conhecimento. Conhecimento tácito. O financiamento da despesa em C&T, I&D e inovação. O papel dos sectores público e privado. I&D e inovação em pequenas e grandes empresas. A medição da intensidade de I&D e da intensidade da inovação: patentes e inquéritos à inovação. A promoção da cultura científica e tecnológica: políticas instituicionais e processos sociais. Inovação, restrturação de mercados e crescimento económico. O papel do empreendedorismo e da transferência de tecnologia na ligação entre I&D, inovação e desenvolvimento económico. Ciclos de produto, selecção de mercado, capacidades inovadoras e competitividade empresarial. Empreendedorismo de base tecnológica e transferência de tecnologia em Portugal. Inovação e produtividade. Inovação tecnológica e desigualdade na distribuição do rendimento. "Spillovers" de conhecimento, capacidade de absorção e a localização geográfica da I&D e inovação: "clusters", competitividade regional e sistemas de inovação. Bases de conhecimento e fluxos de conhecimento. Instituições, cultura organizacional e "capital social"

Metodologia de avaliação

Trabalhos de grupo semanais. Trabalho final individual. Apresentações orais.

Bibliografia

Principal

The Oxford Handbook of Innovation

Jan Fagerberg, David C. Mowery and Richard R. Nelson (Editors)

2004

Oxford University Press.


The Economics of Science and Innovation

Paula E. Stephan and David B. Audretsch (Editors)

2000

Edward Elgar


Innovation for All?: Learning from the Portuguese Path to Technical Change and the Dynamics of Innovation

Jean-Pierre Contzen, Pedro Conceicao, Manuel V. Heitor

2005

Praeger Publishers


The Rise of the Network Society: The Information Age

Manuel Castels

1996

Blackwell


Entrepreneurship and Economic Growth

David B. Audretsch, Max C. Keilbach, Erik E. Lehmann

2006

Oxford University Press.