Dissertação

Non-visual Locomotion Techniques for Mobile Virtual Environments EVALUATED

Já foi estabelecido por numerosos estudos que indivíduos cegos podem beneficiar bastante de realidade virtual obtendo informação sensorial adicional para navegar e explorar ambientes desconhecidos e criar um mapeamento mental preciso desse mesmo ambiente. Graças à introdução de smartphones de baixo custo no mercado consumidor, a realidade virtual atingiu assim o potencial para a adesão global. No entanto, para uma experiência totalmente imersiva e benéfica na realidade virtual, técnicas de locomoção eficientes e naturais devem ser implementadas. Embora este campo tenha sido alvo de muitos estudos, há uma falta de pesquisa no tema de locomoção não visual em realidade virtual móvel. Nesta tese, nós tentamos preencher essa lacuna desenhando e implementando três técnicas diferentes para a locomoção não visual, um D-Pad virtual, um D-Pad virtual com orientação fisicamente consciente e uma técnica tilt-to-walk fisicamente consciente. O nosso objectivo é determinar como a orientação física e diferentes métodos de input (gesto 3D versus input por toque) influenciam a imersão dos usuários, bem como a eficiência de navegação e exploração para a realidade virtual em contextos móveis. Para o efeito, realizámos uma avaliação de exploração e uma de navegação para cada técnica. Os nossos resultados não mostraram diferenças significativas nos desempenhos de cada técnica, apesar de uma quantidade significativa de participantes preferir o D-Pad com orientação fisicamente consciente.
Pessoas invisuais, Locomoção, Realidade Virtual, Smartphone

Outubro 31, 2017, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Hugo Miguel Aleixo Albuquerque Nicolau

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar