Dissertação

Proposta e Segurança de uma Arquitectura de Identificação Ferroviária com Tecnologia RFID EVALUATED

Este trabalho envolveu o estudo da tecnologia RFID no que respeita às características e no plano de segurança em termos de ataques e defesas, o estudo da rede EPCglobal, uma tecnologia emergente que tem como objectivo concretizar a internet dos objectos e ainda a proposta de um contexto ferroviário suportado por um sistema de identificação automática RFID conectado à rede EPCglobal. O contexto ferroviário, quando enquadrado na rede EPCglobal faz surgir um conjunto de necessidades principalmente ao nível da autenticação mas também de autorização e qualidade de serviço. A resolução destas necessidades constituiu o principal objectivo deste trabalho. Foi desenvolvido um protocolo de comunicação de etiquetas RFID que obriga a que um leitor desconhecido que lê uma etiqueta se identifique ao proprietário da etiqueta. Este protocolo, associado a um novo módulo da arquitectura EPCglobal, o de autenticação, constituiu a principal mais valia deste trabalho. Para além das vantagens se aplicarem directamente à rede EPCglobal e, em particular, ao contexto ferroviário, estende-se a qualquer outro contexto que exija a autenticação de leituras a etiquetas. Uma vez que a identificação automática de veículos se torna independente do tipo de veículo a ser identificado, é contemplado um cenário de mobilidade à escala internacional. Um veículo poderá circular entre vários países e continuar a ser identificado não só localmente, mas à escala global da já referida rede EPCglobal.
RFID, Arquitectura, Identificação, Segurança, EPCglobal, Ferroviário

Setembro 12, 2008, 17:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Carlos Nuno da Cruz Ribeiro

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar