Dissertação

Melhoria da logística inversa de embalagens duráveis - O caso da Volkswagen Autoeuropa EVALUATED

Num processo produtivo os recursos assumem um papel importante no que respeita a custos operacionais e a forma como são utilizados tem um impacto determinante na eficiência de todo o processo. Numa cadeia de abastecimento, como parte integrante de um processo produtivo, aplica-se este conceito da mesma forma, logo quanto mais optimizado estiver o seu processo logístico, maior será a eficiência e por sua vez, mais reduzidos serão os custos. Esta dissertação aborda a problemática da logística de transporte de peças da Volkswagen Autoeuropa, empresa do grupo Volkswagen que produz automóveis, e pretende introduzir melhorias ao nível da logística inversa de embalagens com vista à redução dos respetivos custos. Assim, nesta dissertação foi analisado todo o processo logístico de entrada de materiais, bem como as questões que estão na origem das faltas de eficiência ao longo da cadeia de abastecimento e que levam a que haja desperdício de recursos, nomeadamente no circuito de logística inversa das embalagens. Por fim foi analisado o impacto das medidas lean propostas e adoptadas pela Autoeuropa com vista a colmatar estas ineficiências. Os resultados obtidos permitem concluir que, apesar das medidas lean implementadas pela Autoeuropa com vista à diminuição de desperdícios em embalagens vazias terem tido um impacto positivo em termos de melhoria do nível de stocks e em termos de custos totais com aluguer de embalagens, os custos unitários das embalagens vazias subiu. Tais resultados reforçam a necessidade de acompanhar a implementação de medidas lean por uma análise de custo-benefício.
Embalagens reutilizáveis, Logística inversa, Cadeia de abastecimento, Lean, Indústria automóvel.

Novembro 4, 2014, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Amílcar José Martins Arantes

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar