Dissertação

Optimizing the Supply Chain of Residual Forestry Biomass for Bioenergy The Case Study of Portugal EVALUATED

Portugal, tal como outros paises Europeus, está a dar investir em energia renovável. A bioenergia, que vem da transformação da biomassa, é apontada como muito importante para dentro deste contexto atingir metas ambientais. Contudo para a bioenergia ser realmente sustentável tem de ser economicamente viável, e para tal uma cadeia de abastecimento bem projetada e optimizada é necessária a fim de minimizar custos. Nesta dissertação, o problema de projetar de forma optimizada a cadeia e a sua contextualização são estudados. É feita uma revisão bibliográfica sobre cadeias de abastecimento focando-se no caso específico de cadeias de abastecimento de bioenergia. Um modelo matemático MILP foi adaptado para utilizar as diversas fontes de dados disponíveis para otimizar a cadeia de abastecimento de centrais dedicadas de biomassa de resíduos florestais. O modelo é aplicado a um único produto, a electricidade, e em um ambiente estático. A estrutura ótima obtida foi comparada com o plano inicial do governo de 2009 e com as alterações feitas até 2013. Os resultados mostraram que ambos os planos do governo produzem uma cadeia de abastecimento com custos que não são economicamente viáveis. A solução óptima, por outro lado, tem um custo total de 35% e 41% menos do que o plano inicial e o plano de 2013, respectivamente. Análises de sensibilidade realizadas aos parâmetros mais incertos, disponibilidade de biomassa e custos fixos, alteram a estrutura da cadeia de abastecimento, mas ainda continuam a ser cadeias de abastecimento economicamente viáveis que satisfizam a procura total.
cadeia de abastecimento de bioamassa, modelação MILP, Portugal, resíduos florestais, bioenergia

Julho 4, 2013, 11:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Ana Paula Ferreira Dias Barbosa Póvoa

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Catedrático