Dissertação

Desenvolvimento Inclusivo de Angola: Um Desafio às Comunicações Electrónicas Um Desafio às Comunicações Electrónicas EVALUATED

O sector das comunicações electrónicas tem uma grande complexidade e tem permitido significativos avanços, que trazem melhorias na movimentação do mundo e respectiva evolução. Oferecendo novas possibilidades de desenvolvimento aos países que poderão diminuir ou agravar o fosso entre pessoas e entre países. Propõe-se o esboço de um modelo de desenvolvimento de comunicações para Angola, atendendo à capacidade de absorção da população, que permita um desenvolvimento equilibrado, saltando várias etapas de evolução deste sector em relação aos países mais desenvolvidos. Esse objectivo exigirá o prévio conhecimento dos factores chave para esse desenvolvimento equilibrado, bem como das tecnologias que o permitem. Para isso começa-se por estudar os factores de desenvolvimento, por um lado e as alternativas tecnológicas, bem como a situação actual de Angola, de modo a obter um enquadramento realista para a formulação do modelo. Desenvolve-se uma análise estatística orientada numa lógica de ?benchmarking?, procurando identificar metas alcançáveis por Angola, com o adequado sistema de comunicações, por referência à performance de países com menor riqueza, já que todos os dados apontam para um elevado desequilíbrio social em Angola e níveis de desenvolvimento muito baixos. Nesse contexto, avalia-se o interesse e o potencial impacte de um projecto onde as comunicações são o fulcro, procurando verificar se ele contribui para esse pretendido desenvolvimento inclusivo ou não. Finalmente, e com base nas indicações recolhidas, esboça-se, em linhas gerais um modelo para a implantação de uma rede de comunicações inclusiva, com algumas considerações sobre as carências desse modelo e os seus potenciais aperfeiçoamentos.
Comunicações Electrónicas, Capacidade de Absorção, Desenvolvimento Inclusivo, Desequilíbrio Social

Dezembro 11, 2009, 14:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

José Manuel Amado da Silva

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Catedrático Convidado