Dissertação

Training effectiveness of Flight Simulator with outside visual cues EVALUATED

Um piloto humano utiliza a sua visão e o seu sistema somatossensorial para percecionar o movimento da aeronave. Atualmente, os pilotos adquirem aptidões de pilotagem com recurso tendencialmente exclusivo a treino em simuladores de voo. Para entender de que forma a estratégia de controlo dos pilotos evolui durante este processo de treino, bem como para avaliar a sua eficiência numa perspetiva cibernética, realizam-se experiências de transferência de treino. Alguns fabricantes de simuladores alegam que estímulos de movimento apresentados no cenário exterior podem substituir a presença de movimento físico do simulador. Contudo, os efeitos da existência de um cenário visual exterior durante o treino de pilotos em simuladores permanecem em grande parte desconhecidos. Para investigar este especto, uma experiência de treino com 20 participantes sem experiência prévia de pilotagem foi conduzida no simulador de investigação SIMONA, para testar a hipótese de que a presença de um cenário visual exterior durante o treino dos sujeitos inicialmente inexperientes facilitaria a habituação a uma situação onde existisse movimento físico do simulador, já que o cenário visual permitiria a utilização de feedback para controlo. Foi concluído que, por um lado, o cenário exterior melhora o desempenho dos pilotos no simulador, mas a sua presença induz uma estratégia de controlo que não se transfere positivamente para uma condição com movimento físico do simulador. Isto sugere que a presença de movimento físico do simulador de voo é o estímulo mais importante a providenciar nas etapas iniciais de treino de pilotos em simuladores de voo.
Simulador de Voo, Cibernética, Cenário Visual Exterior, Controlo Manual, Transferência de Treino

Outubro 28, 2016, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Agostinho Rui Alves da Fonseca

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar