NORMAS A CUMPRIR NO EXAME DE MD DE 29 DE JUNHO

30 Maio 2020, 11:17 José Félix Costa

0. O enquadramento geral dos exames à distância encontra-se na página https://sartre.tecnico.ulisboa.pt/metodologias-e-ferramentas/avaliacao/planeamento/.


1. São propostas nove perguntas de 2,5 valores cada uma. A nota do exame será a soma das cotações das oito melhores respostas às nove perguntas.

2. As nove perguntas encontrar-se-ão distribuídas em diversos enunciados a publicar no GOOGLE CLASSROOM às 8h00, 8h40, 9h20 e 10h00 (2 enunciados às 8h00, 2 enunciados às 8h40, 2 enunciados às 9h20 e 3 enunciados às 10h00). A duração total do exame é de duas horas e quarenta minutos: das 8h00 às 10h40.

3. Cada enunciado deverá ser instanciado aos três últimos algarismos do número do aluno.

4. O tempo limite da resposta a cada enunciado é de quarenta minutos, incluindo o tempo necessário para «uploading» da resposta. Não serão aceites respostas fora do tempo.

5. As perguntas achar-se-ão distribuídas pelos enunciados independentemente da ordem pela qual as respetivas matérias foram lecionadas.

6. Durante o exame, o examinando poderá recorrer a máquina de calcular de qualquer natureza.

7. A pergunta FFT deverá ser respondida através do formulário publicado no GOOGLE CLASSROOM. Cada aluno deverá imprimir o formulário e tê-lo disponível no dia do exame. As perguntas relativas aos algoritmos de Kruskal, Dijkstra e Ford-Fulkerson deverão ser respondidas no próprio PDF (através da ferramenta «comment»). Em alternativa, o aluno poderá imprimir na ocasião o PDF e responder do modo habitual. O tempo que ganha em imprimir é descompensado pelo tempo que perde em fotografar todas as páginas desse PDF (dois grafos por página).

8. As respostas dos alunos serão dadas em páginas brancas de formato A4, redigidas a caneta preta, escrita grossa, com o nome e o número do aluno no topo. Cada aluno deverá colocar o seu cartão de aluno no canto superior direito da(s) página(s), fotografar a resposta e fazer ''upload'' da fotografia no GOOGLE CLASSROOM. A resposta poderá ser dada em formato JPG, PNG, ou, preferencialmente, PDF se o aluno dispuser de tempo para o efeito. Quando o aluno não quiser responder a certa pergunta, não deverá acionar o botão «HAND IN» or «MARK AS DONE».


9. Exceptua-se ao número 8 as respostas às perguntas relativas a grafos (Kruskal, Dijkstra, Ford-Fulkerson), as quais deverão ser dadas no PDF, da forma que foi ensinado.

10. Os alunos com nota superior a dezasseis, que queiram manter a nota que de facto obtiveram na prova, deverão sujeitar-se a uma prova oral. A prova oral não serve para subir a nota do aluno, mas apenas para confirmar a nota obtida.

11. Durante toda a realização do exame, os alunos deverão estar em sessão de ZOOM, munidos de câmara, tal como durante as aulas, para que possam conversar com os docentes, nomeadamente sobre anomalias registadas no decurso da prova. Para este fim, e para evitar atrasos na realização do exame, os alunos deverão fazer a ligação ao COLIBRI antes das 8h00.  A câmara deverá ser ligada apenas se o docente vigilante assim o solicitar. O link para tal sessão pode encontrar-se na página ''Dúvidas (exame) ZOOM''. Se, por factos alheios aos docentes ou aos alunos, o ZOOM falhar, os alunos iniciam ou prosseguem o exame no CLASSROOM, tal como no decurso das experiências realizadas nos últimos dois meses.

12. Deixar-se-á que, na recorrência, o aluno possa repescar 1/2 do exame e não 1/3 como tem sido hábito (em virtude do reduzido número de questões). Assim, considera-se que somatórios, funções geradoras, FFT e autómatos constituem a primeira parte do exame (TESTE 1) e indução matemática, teoria dos números e grafos a segunda parte (TESTE 2).

13. Deste modo, será atribuída também uma nota TESTE 1 e uma nota TESTE 2 no exame de 29 de junho. A nota do teste 1 será a média das quatro melhores notas relativas à matéria do teste 1 e a nota do teste 2 será a média das quatro melhores notas relativas à matéria do teste 2.

14. A NOTA FINAL será a média aritmética da melhor nota do TESTE 1 e da melhor nota do TESTE 2, obtidas no EXAME e na RECORRÊNCIA. No entanto, se essa nota for inferior à do EXAME, então a nota final é a do EXAME e não a da RECORRÊNCIA.