Dissertação

{en_GB=Out-of-Reach interactions in VR} {} EVALUATED

{pt=O acto de apontar para um objecto é fundamental no mundo real. Quando interagimos com objetos virtuais, esta acção é considerada como a seleção de um objecto. Existem várias abordagens, usadas desde tabletops até aos ambientes virtuais. No entanto, quando os objectos estão muito distantes do utilizador as abordagens actuais não são capazes de proporcionar níveis de velocidade e precisão adequados. Abordagens para ultrapassar estas limitações destas técnicas frequentemente favorecem o uso de volumes de selecção, em oposição das que fazem uso de ray-casting ou arm-extension. Mesmo com o uso de volumes de selecção, a selecção de objectos distantes ainda é um desafio, pois estes volumes estão propensos a selecções incorrectas. O nosso foco vai ser sobre este desafio. Foi feita pesquisa sobre técnicas de selecção, e que foram depois comparadas usando a nossa taxonomia. Para superar os desafios abertos das técnicas de selecção estudadas, desenvolvemos a técnica PRECIOUS, uma técnica de seleção de objectos fora de alcance. Esta técnica combina refinamento progressivo com cone casting sendo capaz de seleccionar objectos a distancias variadas. Usando uma técnica de viagem, escolhida com base numa avaliação feita entre três técnicas, o utilizador é movido para mais perto do objecto que pretende seleccionar. Esta técnica foi comparada com outras abordagens para a selecção de objectos. Os resultados indicam que mesmo não proporcionando os tempos de selecção mais rápidos, a ausência de selecções erradas e a uniformidade nos tempos de selecção em vários cenários, fazem dela uma abordagem apropriada para a selecção de objectos., en=The act of pointing to an object is fundamental in our everyday life. When interacting with virtual objects, this action is called object selection. There are several approaches to object selection, which are used in tabletops all the way to virtual environments. However, when objects are very distant from the user, the current approaches are not able to provide adequate levels of speed and accuracy. Approaches to surpass the limitations of these techniques often favour the use of selection volumes to ray-casting and arm-extension. Even with the use of selection volumes, distant object selection still poses a challenge, as these volumes are prone to unwanted selections. We will focus on this challenge. We surveyed several selection techniques which were then compared based on our taxonomy. To overcome the open challenges of the selection techniques studied, we developed PRECIOUS, a selection technique for out-of-reach selection. It combines progressive refinement with cone casting and is capable of selecting objects at various distances. Using a travel technique, chosen based of an evaluation conducted between three techniques, we bring the user closer to the object he intends to select. PRECIOUS was then compared with other approaches on distant object selection. The results indicate that even though it does not provide the faster completion times, the significant absence of incorrect selections and the consistent completion times across different scenarios make it an appropriate approach to out-of-reach selection.}
{pt=Selecção de Objectos Fora de Alcance, Avaliação de Técnicas de Viagem, Concepcão Centrada no Utilizador, Realidade Virtual, en=Out-of-reach Selection, Travel Technique Evaluation, User-Centered Design, Virtual Reality}

Novembro 15, 2016, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Alfredo Manuel Dos Santos Ferreira Júnior

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Daniel Filipe Martins Tavares Mendes

INESC-ID

Investigador Júnior