Breve Introdução

A engenharia mecânica é uma actividade profissional regulamentada pela Ordem dos Engenheiros que se consubstancia na aplicação de conhecimentos teóricos, práticos e experimentais, enquadrados por constrangimentos de natureza económica, social, ética e ambiental, à concepção, projecto, fabrico, controlo e gestão de produtos, processos, equipamentos e sistemas energéticos e tecnológicos.

O modelo de organização da formação superior em engenharia mecânica do IST assenta no desenvolvimento de um conjunto muito diversificado de competências que permitem assegurar aos estudantes e profissionais de engenharia condições de integração profissional num leque relativamente vasto de saídas profissionais e em circunstâncias similares às que são proporcionadas pelas instituições de referência de ensino universitário do espaço Europeu.

De facto, os engenheiros mecânicos formados no IST têm grande facilidade em integrar-se no mercado de trabalho, uma vez que as entidades empregadoras continuam a procurar nesta formação superior as boas qualidades sistematicamente demonstradas ao longo dos tempos pelos seus profissionais. O mercado de trabalho é extremamente diversificado merecendo destaque: os gabinetes de projecto, as indústrias de fabricação de equipamentos mecânicos e térmicos, as empresas de produção de energia e climatização, as actividades de manutenção e gestão de operações, as tarefas de avaliação de projectos e consultoria em empresas de serviços (bancos e seguradoras), as actividades técnico-comerciais e os laboratórios de investigação e de desenvolvimento industrial.

O Departamento de Engenharia Mecânica do IST acumula a experiência de várias décadas de empenhamento em actividades de ensino, investigação e desenvolvimento. A diversidade de competências intrínsecas a um corpo docente próprio qualificado e constituído quase integralmente por titulares do grau de doutor (cerca de 90 doutores) associadas à qualidade e variedade dos equipamentos experimentais que se encontram instalados nos seus laboratórios conferem ao actual Departamento de Engenharia Mecânica do IST a excelência indispensável a um ensino de elevada qualidade.

A formação superior em engenharia mecânica está organizada num modelo de ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre em engenharia mecânica com a duração total de 10 semestres curriculares de trabalho. Aos alunos que tenham completado os primeiros 6 semestres curriculares de trabalho é conferido o grau de licenciado em ciências de engenharia - engenharia mecânica. Este grau de licenciado não possibilita o acesso directo ao exercício da profissão. Tem por finalidade garantir o reconhecimento de um nível de competências ainda que não directamente profissionalizantes e visa ainda permitir e facilitar a mobilidade dos estudantes.

Historial

No início da sua introdução no Instituto Superior Técnico o curso de engenharia mecânica era designado por engenharia de máquinas. A actual designação resulta da necessidade destes profissionais de engenharia possuírem uma formação de espectro mais alargado em que se complementam as áreas tradicionais da engenharia de máquinas com outras matérias provenientes da electrotécnia, da informática, dos materiais, da gestão industrial e do ambiente.

O Departamento de Engenharia Mecânica do Instituto Superior Técnico acumula a experiência de várias décadas de empenhamento em actividades de ensino e investigação. A diversidade de competências e a qualidade e variedade de equipamentos laboratoriais instalados conferem ao actual Departamento de Engenharia Mecânica do Instituto Superior Técnico a excelência necessária para uma formação superior de elevada qualidade.

Objectivos

A estrutura curricular do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica desenvolve-se em torno de três áreas de especialização fundamentais: a transformação e utilização de energia, o projecto e fabrico de produtos, equipamentos e sistemas industriais e o controlo e automação de sistemas mecânicos. O principal objectivo do curso é a formação de engenheiros mecânicos com competências para:

• Conceber, projectar, fabricar e operar sistemas e produtos de engenharia mecânica de uma forma criativa, crítica, autónoma e interdisciplinar, incorporando as mais recentes inovações tecnológicas.

• Resolver problemas de engenharia, tanto em situações conhecidas como em situações novas, em contextos alargados e multidisciplinares, no âmbito da concepção de produtos, equipamentos e sistemas sujeitos a condicionalismos tecnológicos, económicos, sociais e ambientais.

• Lidar com problemas de engenharia mecânica complexos, recolhendo, seleccionando e interpretando a informação relevante, incluindo casos de informação limitada ou incompleta, e integrar conhecimentos de modo a obter soluções ou emitir juízos, tendo em conta as implicações e responsabilidades éticas e sociais que resultem ou condicionem essas soluções e juízos.

• Desenvolver competências de interacção que permitam lidar com situações profissionais numa gama alargada de organizações industriais, serviços e investigação e que envolvam sectores da sociedade com níveis culturais e educacionais muito diferenciados.

Saídas Profissionais

Os engenheiros mecânicos têm grande facilidade em integrar-se no mercado de trabalho, uma vez que as entidades empregadoras continuam a procurar nesta formação superior de espectro alargado as boas qualidades sistematicamente demonstradas ao longo dos tempos pelos seus profissionais.

As saídas profissionais dos engenheiros mecânicos são extremamente diversificadas merecendo destaque:

  • os gabinetes de projecto,
  • as indústrias de fabricação de equipamentos mecânicos e térmicos,
  • as empresas de produção de energia e climatização,
  • as actividades de manutenção e gestão de operações,
  • as tarefas de avaliação de projectos e consultoria em empresas de serviços (bancos e seguradoras),
  • as actividades técnico-comerciais,
  • os laboratórios de investigação e de desenvolvimento industrial.

Coordenadores

2017/2018
Paulo Rui Alves Fernandes
paulo.rui.fernandes@tecnico.ulisboa.pt

A informação contida nesta página é da responsabilidade da equipa de coordenação do curso.