Dissertação

Desempenho mecânico de argamassas térmicas com agregados de poliestireno expandido EVALUATED

Com a consciencialização da importância do conforto térmico das edificações e a evolução cada vez mais exigente da normalização aplicável, verifica-se a necessidade de desenvolvimento de novos produtos termicamente mais eficientes. É neste contexto que surgem as argamassas de desempenho térmico melhorado, associadas a condutibilidades térmicas muito reduzidas. Foi desenvolvida uma campanha experimental que visou o estudo de duas argamassas térmicas comercializadas em Portugal e ainda uma argamassa de revestimento industrial e uma argamassa de referência tradicional, ambas de base cimentícia. As argamassas foram caracterizadas em termos das propriedades no estado fresco (espalhamento, massa volúmica) e endurecido (massa volúmica, resistência à compressão e flexão, velocidade de propagação de ultra-sons, módulo de elasticidade dinâmico, absorção de água por capilaridade, permeabilidade à água sobre baixa pressão, resistência de canto, retracção livre e restringida, pull-off, esclerómetro pendular, choque de esfera e erosão acelerada). Apesar das argamassas térmicas cumprirem os requisitos mínimos definidos na normalização, conclui-se que a fraca resistência mecânica pode comprometer a sua utilização em sistemas de revestimento sujeitos a acções de choque ou erosão. Verificou-se que apresentaram mau desempenho quando foram sujeitas a ensaios que simulam estas acções. Estas argamassas demonstraram ser especialmente susceptíveis de degradação nas arestas vivas dos revestimentos, aconselhando-se a aplicação de cantoneiras de reforço nestas regiões. O desenvolvimento de fendilhação motivado pela elevada retracção das argamassas térmicas pode ser compensado pela sua baixa rigidez. A incorporação de agentes hidrófugos e outros aditivos permite que estas argamassas possam apresentar adequada resistência à água e razoável aderência ao suporte.
Argamassa térmica, EPS, Comportamento mecânico,  Resistência ao choque, Resistência à erosão, Retração

Junho 19, 2017, 9:10

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José Alexandre De Brito Aleixo Bogas

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Augusto Martins Gomes

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado