Dissertação

Simulação urbana em modelos abertos CityGML: aplicação à altura máxima de edifícios em Lisboa EVALUATED

As cidades estão cada vez mais a ser representadas por modelos 3D de cidade semânticos em diferentes áreas de aplicação. A partilha de elementos comuns entre aplicações incentiva a criação de um modelo global. O CityGML promove a interoperabilidade entre sistemas e é simultaneamente um modelo livre e aberto. Este trabalho pretende contribuir para um melhor entendimento da criação e aplicação de modelos 3D de cidade semânticos com o intuito de responder a desafios práticos. Neste sentido, criou-se um modelo de cidade 3D semântico de uma parte da cidade de Lisboa para a simulação da evolução da altura dos edifícios a longo prazo tendo em conta a regulamentação urbanística em vigor. Foi desenvolvida uma ferramenta capaz de mapear a regulamentação sobre a máxima altura permitida num edifício e realizar simulações permitindo ao utilizador escolher um subconjunto das regras a simular. A dissertação sistematiza uma forma para o tratamento de dados e fornece uma metodologia para a criação de modelos 3D de cidade semânticos, bem como a sua utilização no estudo do planeamento urbano. Os resultados obtidos, para o problema escolhido, permitem identificar quais os edifícios com maior potencial de crescimento e perceber a influência que as regras mapeadas provocam na ampliação ou reconstrução dos edifícios. Essa simulação pode ser útil tanto na perspetiva dos técnicos de planeamento da administração pública, como dos promotores privados.
Modelo 3D de cidade semântico, CityGML, Altura máxima

Outubro 23, 2020, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Francisco Afonso Severino Regateiro

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Maria Beatriz Marques Condessa

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar