Dissertação

Avaliação de comunidades sustentáveis segundo a metodologia LiderA. Caso de estudo de uma ecovila em Torres Vedras EVALUATED

A procura por um modo de vida mais sustentável a nível ambiental, social e económico tem gerado o aparecimento de novas formas de habitação. Neste contexto a presente dissertação introduz o conceito de cohousing e ecovila, explorando ao detalhe alguns exemplos significativos e interpretando um conjunto de dados recolhidos, relativos a 97 comunidades intencionais existentes há mais de 20 anos. Numa primeira fase a revisão literária permitiu uma compreensão geral dos conceitos de cohousing, ecovila, bioconstrução e permacultura e possibilitou uma visão global do espectro de comunidades existentes no mundo. Através de um alargado conjunto de dados, descreveu-se também de forma mais pormenorizada 3 comunidades bem-sucedidas: Tamera, Findhorn e Auroville. Com base na nova versão do sistema de avaliação e certificação de sustentabilidade LiderA avaliou-se a sustentabilidade de uma ecovila e cohousing em Torres Vedras e propôs-se medidas de melhoria. A avaliação obtida inicialmente foi A e com as medidas propostas conseguiu subir-se para A+. O objetivo principal desta dissertação consiste em comprovar que é possível a existência de comunidades sustentáveis e através da análise de um caso de estudo demonstrar que a metodologia do LiderA contribui para encontrar soluções do ponto de vista da sustentabilidade. Pretende-se também salientar as vantagens de viver em comunidade.
Cohousing, Ecovila, Comunidade, Sustentabilidade, LiderA

Novembro 20, 2018, 17:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Manuel Guilherme Caras Altas Duarte Pinheiro

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar