Dissertação

O modelo 7D BIM utilizado na manutenção de edifícios EVALUATED

O recurso à metodologia Building Information Modelling (BIM) tem-se tornado cada vez mais evidente nas várias fases de um empreendimento. O modelo virtual criado, admite uma elevada capacidade no registo de toda a informação produzida ao longo do ciclo de vida do edifício, demonstrando um potencial relevante na utilização da sua base de dados no apoio à atividade de manutenção. É, no entanto, na fase de projeto que a viabilidade das opções tomadas tem um maior impacto na redução dos custos relativos à atividade de manutenção. A escolha de opções de projeto com um conhecimento sustentado na durabilidade dos materiais e dos custos envolvidos ao longo do seu ciclo de vida, constituem aspetos a ponderar pelos donos de obra, na ótica do utilizador final. Neste contexto, o objetivo desta dissertação consiste na avaliação de um método de previsão de vida útil, aplicado a determinados componentes da construção, essencial como base para a elaboração de um cronograma específico para a manutenção sustentável de cada elemento construtivo. O trabalho contribui positivamente para a implementação do BIM na atividade de manutenção, com relevância na demonstração da elevada potencialidade da ferramenta Dynamo na gestão da informação do modelo BIM, uma perspetiva ainda pouco explorada no âmbito da manutenção.
Previsão da Vida útil, Manutenção, BIM, Dynamo

Dezembro 4, 2020, 10:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Alcínia Zita De Almeida Sampaio

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Augusto Martins Gomes

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado