Breve Introdução

Os recursos minerais e energéticos são fundamentais para que os novos desafios que a sociedade enfrenta neste momento se concretizem: a transformação para uma economia verde e a transição energética para se atingir a meta da redução de emissões. 


https://www.worldbank.org/en/topic/extractiveindustries/brief/climate-smart-mining-minerals-for-climate-action



https://www.2021portugal.eu/pt/eventos/european-conference-on-green-mining/


A Licenciatura em Engenharia de Minas e Recursos Energéticos (LEME) (ver em "Historial") prepara os estudantes no quadro das novas tendências tecnológicas, assente em quatro pilares de valências fundamentais:  

·         Novos Métodos de Prospeção de Recursos Minerais

·         Tecnologias de Informação e Ciência de Dados Espaciais (Spatial Data Science).

·         Tecnologias de Exploração de Minas e Pedreiras, Águas Subterrâneas e Recursos Energéticos (ex. Geotérmicos)

·         Ambiente e Gestão Sustentável de Projetos de Extração Mineral.

A Licenciatura em Engenharia de Minas e Recursos Energéticos fornece uma base de conhecimento sólida para os alunos prosseguirem a sua formação nos Mestrados em Engenharia Geológica e de Minas (MEGM) e em Engenharia em Recursos Energéticos do Técnico (a serem acreditados pela A3ES), e nos seguintes Mestrados Internacionais:

·         AMRD, Advanced Mineral Resources numa parceria com a Universidade de Leoben e a Universidade de Freiberg (http://amrd.tecnico.ulisboa.pt/)

 

·         IMME, International Master in Mining Engineering, com a China University of Mining and Technology, Beijing, China (http://imme.tecnico.ulisboa.pt/)


·         GroundWatCH  - Joint Master Programme in Groundwater and Global Change - Impacts and Adaptation (Técnico Lisboa, IHE Delft e Universidade de Dresden https://tecnico.ulisboa.pt/pt/tag/joint-master-programme-in-groundwater-and-global-change-impacts-and-adaptation-groundwatch/).

 

·         European Master in Geomatics for Sustainable Mineral Resource Management com a Technische Universität Bergakademie Freiberg (TUBAF) https://tu-freiberg.de/fakult3/mage/lehre-studium/european-msc-program-geomatics-for-sustainable-mineral-resource-management

Historial

A Licenciatura Engenharia Geológica e de Minas tem origem no curso de Engenharia de Minas (LEGM), existente no IST, desde a sua fundação - 1911.

O currículo da Licenciatura em Engenharia Geológica e de Minas encontra-se em reestruturação já em fase de acreditação junto da Associação de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES). Depois de acreditado, o curso passará a denominar-se Licenciatura em Engenharia de Minas e Recursos Energéticos (LEME).

O conteúdo desta página foi atualizado para refletir o novo currículo da LEME.

Objectivos

A transição energética para a neutralidade de carbono e a transformação digital de nossa sociedade requer uma quantidade e diversidade cada vez maior de recursos minerais críticos e energéticos. Os engenheiros enfrentam novos e emocionantes desafios sobre onde e como obter esses recursos, lidando com sua crescente complexidade e elevada incerteza e garantindo sua sustentabilidade em toda a cadeia de valor.


A Licenciatura Engenharia de Minas e Recursos Energéticos prepara os alunos para a gestão de dois recursos – as matérias primas (em particular os recursos minerais críticos) e a energia - que estão na base dos maiores desafios que a sociedade enfrenta atualmente: a transformação para uma economia verde e a transição energética.


O objetivo da Licenciatura em Engenharia de Minas e Recursos Energéticos é fornecer aos alunos uma base sólida em Ciências de Engenharia e da Especialidade, que lhes permita vir a desenvolver competências  essenciais, ao  nível de Mestrado, nos quatro domínios:  

 

Prospeção de Recursos Minerais. São absolutamente necessárias novas descobertas de recursos minerais estratégicos essenciais para o desenvolvimento e transição da sociedade para uma economia  mais verde. Com esta Licenciatura são fornecidos aos alunos novos métodos e tecnologias de prospeção geofísica, geoquímica e geológica para a identificação de novos recursos geológicos.


Tecnologias de Informação e Spatial Data Sciences. O aluno adquire uma forte componente de TIs e de métodos de Spatial Data Sciences - SIGs, Deteção Remota, Geomatemática, Data Science - fundamentais para o exercício da moderna indústria mineira e de energia que assenta nos princípios da digital mining, smart-mining, automação e robótica, real-time mining.


Tecnologias de Exploração de Minas e Pedreiras, Águas Subterrâneas e Recursos Energéticos. O aluno aprende as bases das tecnologias de toda a cadeia de produção da moderna engenharia de minas- Smart Mining-. São também fornecidas aos alunos as valências de gestão e exploração de águas subterrâneas e de recursos geotérmicos.


Ambiente e Gestão Sustentável de Projetos de Extração Mineral. A moderna Engenharia de Minas e Recursos Energéticos exige que todos os projetos de exploração sejam uma mais valia económica e ambiental para todos os stake-holders, em particular para as populações locais onde esses projetos são implementados. Ao aluno são fornecidas bases sólidas para a avaliação e gestão de projetos ambientalmente sustentáveis.


Iremos treinar os alunos para o futuro, fornecendo-lhes os métodos, ferramentas e competências digitais para a engenharia de recursos minerais e energéticos através da teoria, experimentação e computação.


    

Destinatários

Candidatos ao Ensino Superior com Provas de Ingresso:

  • Provas de Ingresso1: Matemática A + Física e Química ou Matemática A + Biologia e Geologia

  • Nota de Candidatura2: MS x 50% + PI x 50%

1 Classificação mínima: 100 pontos

2 Classificação mínima: 120 pontos

MS: Média da classificação final do Ensino Secundário | PI: Média da classificação das Provas de Ingresso.

Saídas Profissionais

Os alunos da Licenciatura em Engenharia de Minas e Recursos Energéticos adquirem um background sólido que lhes permite prosseguir os seus estudos em qualquer Mestrado da Escola ou Mestrado internacional. 



Regime de Funcionamento

O 1º Ciclo em Engenharia de Minas e Recursos Energéticos tem a duração de 6 semestres (3 anos), correspondentes a 180 ECTS, e é composto pelas seguintes componentes curriculares:

- Ciências Fundamentais (60 ECTS)

- Especialidade: Área Principal (102 ECTS)

- Humanidades, Artes e Ciências Sociais (9 ECTS)

- Projeto Integrador (9 ECTS)



Coordenadores

2020/2021
Maria Amélia Alves Rangel Dionísio
amelia.dionisio@tecnico.ulisboa.pt
José Manuel Vaz Velho Barbosa Marques
jose.marques@tecnico.ulisboa.pt

A informação contida nesta página é da responsabilidade da equipa de coordenação do curso.