Dissertação

Scoping the Potential to use Oil Body Proteins on Food Products EVALUATED

Os oil bodies presentes nas sementes de plantas são compostos por uma matriz de triacilgliceróis, que é rodeada por uma monocamada de fosfolípidos intercalados com proteínas únicas, essencialmente estruturais, denominadas oleosinas. Foi optimizado um protocolo para isolar oil bodies e oleosinas de semente de girassol, de modo a remover a maioria das proteínas contaminantes, como provado por SDS-PAGE. Foram reconstituídos com sucesso oil bodies artificiais, via sonicação, usando diversas composições de triacilgliceróis, fosfolípidos e oleosinas isoladas a partir de sementes de girassol.
estabilidade estrutural, oil body artificial, oleosina, purificação de proteínas, semente de girassol

Outubro 31, 2007, 14:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

:Harry van der Hijden

Unilever

Especialista

ORIENTADOR

Luís Joaquim Pina da Fonseca

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Auxiliar