Sou docente no IST há 29 anos (Assistente 1986, Professor Auxiliar 1996, Agregação IST 2005).  Desenvolvi a minha actividade científico-pedagógica neste período em dedicação exclusiva nos Departamentos de Engenharia Química (25 anos) e BioEngenharia (4 anos) nas áreas (1) de Bioengenharia e (2) Engenharia de Processos e Projecto.

 

Sou Coordenador desde que transitei para o Departamento de BioEngenharia do Mestrado em Engenharia Farmacêutica que criei com outros colegas em 2007.

 

Tenho uma formação base em Engenharia Química (IST, 1985), um Doutoramento na área de Engenharia Bioquímica (IST, 1996) e Provas de Agregação em Engenharia Química (IST, 2005), tendo realizado diversos projectos com as indústrias química, de refinação e farmacêutica. Possuo ainda dois Pós-Doutoramentos feitos na indústria (Portugal e Alemanha), um Mestrado em Catálise Química e um mini-MBA (ISCTE). Embora possua os principais graus académicos pelo IST, a minha actividade nos últimos 15 anos é de âmbito internacional, assim como o meu percurso profissional e pessoal.

 

A maioria das contribuições científicas que realizei ao longo da minha carreira académica incide sobre aspectos de engenharia de sistemas aplicada a processos e produtos (PSE, process systems engineering) diversos:

•        processos contínuos e descontínuos, com reacção ou apenas separação,

•        produtos petroquímicos, de química-fina, biofarmacêuticos.

 

tendo estabelecido em Portugal o uso de ferramentas PSE na generalidade das operações unitárias  existentes nas indústrias farmacêuticas (e.g., envolvendo processamento de pós ou sólidos).

 

Os indicadores principais dessa actividade à data são:

·       15 teses de doutoramento (12 concluídas)

·       91 teses de mestrado (pré- e pós- Bolonha) e trabalhos finais de curso

·       76 publicações em capítulos de livros e em artigos científicos com revisão em revistas internacionais de índice de impacto significativo

·       2 livros como co-editor (1 internacional e 1 nacional) e outro internacional em preparação

·       mais de 170 comunicações orais e por poster em congressos internacionais e nacionais

 

traduzindo-se a 21 de Julho de 2015, em (Thomson Reuters):

 

h-index:  18                                citações:         1025                            www.researcherid.com/rid/K-6163-2012

 

O h-index calculado no Web of Knowledge não inclui publicações e citações de 2014 e 2015, sendo os h-index do Scopus e ScholarGoogle, respectivamente 20 e 25 e mais de 1600 citações neste último.

O trabalho que desenvolvo caracteriza-se pela integração das vertentes pedagógica, científica e tecnológica da minha profissão, nas áreas de bioengenharia, engenharia de processos e em particular, na área farmacêutica (viz., do paradigma quality by design):

1.     forte interligação e actualização permanentes das disciplinas de que sou responsável, com a realidade da aplicação das respectivas Ciências e Tecnologias, nas quais utilizo “saber de experiência feita” como seria de esperar de quem trabalha no terreno em engenharia,

2.     intensa actividade de colaboração com empresas de base tecnológica, em projectos de I&DT sob-contrato, financiando maioritariamente dessa forma as actividades de I&D distintas daquela I&DT, e utilizando essa ligação nos dois sentidos (para introduzir inovação nas empresas – e para obter das empresas conhecimento prático diverso que valoriza a componente lectiva e de docência),

3.     criação de conhecimento e saber-fazer em áreas recentes da engenharia de sistemas de processos (químicos, farmacêuticos, biológicos, etc), inovadoras a nível mundial, e ainda

4.     por um conjunto de iniciativas pedagógicas e civico-societais que com regularidade realizo.

 

Na avaliação de desempenho oficial do IST tive nos últimos 10 anos a classificação máxima (EXCELENTE); no triénio 2004 a 2007 tive 385.6 pontos (classificações > 80 significam ‘excelente’) a qual após ajuste pelo sistema de quotas foi corrigida a Muito-Bom; mesmo após correções as classificações dos últimos 5 anos foram EXCELENTE (2008, 2009, 2010, 2011 e 2012).

 

Em termos externos de reconhecimento internacional, tenho sido chairman de sessões em diversas conferências internacionais na minha área (AIChE Annual Meetings 2011 e 2012, IFPAC 2010 a 2014), sou editor ou estou no corpo editorial de 2 revistas internacionais e de 2 livros; fui convidado pela FDA (2010 e 2014) a fazer seminários na sede do Office of Generic Drugs (MD, EUA) e no Office of New Drug Applications (DC, EUA), assim como do Conservatoire National des Arts et Métiers (2003), do Inst. Chem. Eng. & The Royal Soc. Chem. (2005), da Grand-École de France, École Nationale Supérieure des Mines de Saint-Étienne (2010, 2011 e 2012) e da Universidade Técnica de Graz, Austria (2012, 2013, 2014) entre outros convites. O meu primeiro doutorando obteve o prémio CUF (2002) pelo reconhecimento do valor da sua tese e eu próprio um prémio no concurso inovação SOLVAY-HOVIONE (SHIC-2008) além do 2º lugar (Menção Honrosa) no Concurso COTEC (2013) na categoria ‘Excelência nas relações Universidades-Empresas’ e mais recentemente o meu último aluno de doutoramento o 1º PRÉMIO de INOVAÇÃO HOVIONE (2014) .


Propus com outros colegas e tenho colaborado no funcionamento (coordenação e docência) de um Mestrado lecionado conjuntamente com a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (Mestrado em Engenharia Farmacêutica) com oito edições (ca de 10 a 15 alunos/ano), cuja notoriedade e pioneirismo internacionais são conhecidos: o primeiro mestrado europeu na área.