Últimos anúncios

Informações

28 Agosto 2017, 09:27 João Carlos Serrenho Dias Pereira

Constituição dos grupos

Cada grupo é constituído por dois alunos.

As inscrições nos turnos de laboratório realizadas no processo de inscrição à disciplina são utilizadas para a definição dos grupos. Os dois elementos do grupo têm que pertencer ao mesmo turno de laboratório. Não são avaliados alunos fora do turno de inscrição (não há excepções).

Avaliação da disciplina

A avaliação da disciplina é composta por três componentes de avaliação: exercícios de programação, projecto e testes teóricos. O método de avaliação da disciplina está descrito na secção Método de Avaliação da página da cadeira. Tal como indicado no método de avaliação, os trabalhadores-estudantes (requer estatuto oficialmente reconhecido) podem não realizar a componente de avaliação exercícios de programação.

Não são consideradas classificações das várias componentes de programação obtidas em anos lectivos anteriores. Alunos repetentes têm que realizar novamente todas as componentes de avaliação independentemente da classificação atingida no ano passado.


Realização do projecto


Apenas alunos inscritos à disciplina podem realizar o projecto (não há excepções). 
Não se aceitam entregas de projecto (entrega intermédia ou final) por e-mail. A entrega é feita via Fénix e dentro do prazo. Não existem excepções a esta regra.

Comunicação com o corpo docente


Qualquer questão relacionada com a disciplina deve ser enviada para o endereço oficial da disciplina: po-tagus@disciplinas.ist.utl.pt.

Só são aceites emails relativos à disciplina de Programação com Objectos que estejam identificados com o número de alunonome do aluno, número do grupo e turno de laboratório(dia, hora e sala) e sejam enviados para o endereço oficial da disciplina (po-tagus@disciplinas.ist.utl.pt). Emails que não cumpram estas condições são simplesmente ignorados.


Cada aluno deve procurar esclarecer as suas dúvidas o mais rápido possível. O ideal será esclarecê-las logo na própria aula em que elas tenham surgido. Não há questões estúpidas. Os docentes esclarecerão qualquer dúvida excepto as que sejam colocadas durante os testes teóricos e prático. Por isso, cada aluno não deve guardar para si as dúvidas que tenha.

Corpo Docente

João Carlos Serrenho Dias Pereira

Responsável

joao.d.pereira@tecnico.ulisboa.pt

António Luís Vilarinho dos Santos Lopes

Fernando Pedro Pascoal dos Santos
fernando.pedro@tecnico.ulisboa.pt

Pedro Reis dos Santos
reis.santos@tecnico.ulisboa.pt