Métodos de Avaliação

A avaliação tem duas components: Teórica e Prática.

Avaliação teórica

A avaliação teórica é feita por 2 testes (1 realizado no meio do semestre e outro realizado na última semana de aulas) ou por 1 exame que funciona numa única data. Os alunos que façam testes podem fazer em seguida o exame, contando a melhor nota.

A nota dos testes é calculada como a média das notas de cada um dos testes. Não há nota mínima para cada um dos testes individualmente. A nota teórica (máximo da nota do exame e da média dos testes) tem de ser pelo menos 10. Não satisfazer esta condição implica reprovar à disciplina.

Avaliação prática

A avaliação prática consta de um conjunto de trabalhos realizados em grupo durante as aulas práticas, com entregas periódicas de relatórios no final da aula correspondente a cada trabalho. A nota da parte prática é individual, dependendo não só do relatório apresentado mas também da participação dos alunos nas aulas práticas, tal como avaliado pelo docente que dá o respectivo laboratório.

Cálculo da nota final

A nota final é calculada de acordo com a fórmula 0.5T+0.5L em que T é a nota da teórica e L é o mínimo da nota prática e de T+3 (ou seja, a nota prática usada para efeitos do cálculo da nota final não pode exceder em mais de 3 valores a nota teórica).

Se a nota final fôr 18, 19 ou 20, o aluno deverá submeter-se a um exame oral para confirmação da nota. Neste caso a nota mínima será 17 qualquer que seja o resultado do exame oral.

Aprovação na disciplina

Obtêm aprovação na disciplina os alunos que tenham uma nota final de pelo menos 10 depois de arredondada e que tenham pelo menos 10 na nota teórica arredondada.