Comportamento e Protecção ao fogo dos materiais estruturais.

18 Dezembro 2019, 10:00 Augusto Martins Gomes

Protecção dos elementos estruturais à acção de incêndio: estruturas de betão armado, de aço e de madeira.

Incremento da resistência à acção de incêndio das estruturas de betão armado: localização em planta dos elementos resistentes, incremento do recobrimento das armaduras, posição dos varões na secção transversal e adição de fibras de polipropileno e soluções de revestimento exterior com elementos de pré-laje. Princípios da verificação da segurança à acção de incêndio.

Protecção dos elementos de estrutura metálica. Revestimentos de betão, de betão leve, de placas de gesso, de placas silicato de cálcio, de argamassas projectadas com perlite e verniculite, mantas de fibras minerais e tintas intumescentes.  

Melhoria do comportamento à acçõa de incêndio dos elementos estruturais em madeira. Impregnação com produtos ignífugos. Verificação da segurança: princípios do método da secção residual.