Métodos de Avaliação

 REGRAS DE AVALIAÇÂO DE CONHECIMENTOS

Matemática Computacional – 1º Semestre 2017/2018

 

 

A avaliação de conhecimentos é feita com base em Provas Escritas (75 %) e dois Trabalhos Computacionais (25%) obrigatórios. 

 

1. Provas Escritas. 

Realizar-se-ão dois testes (T1 no dia 16 de Novembro e T2 no dia 20 de Dezembro) com a duração de 1 hora e 30 minutos cada, e um exame final (E), com a duração de 3 horas. No exame final (a 16 de Janeiro de 2018) é possível optar por melhorar a nota obtida em cada um dos testes. Neste caso, considera-se E = E1 + E2 e a duração de E1/E2 é de 1h30m. 

 

2. Trabalho Computacional. 

Os trabalhos computacionais (TC1 e TC2) deverão ser realizados por grupos de 3 ou, de preferência, 4 alunos.

O enunciado do TC1 (16 val) ficará disponível em Outubro e o respetivo relatório deverá ser entregue no dia 15 de Dezembro. O enunciado do TC2 (4 val) consta de um problema sobre o último capítulo, ficará disponível no dia 15 de Dezembro, com o relatório a ser entregue no último dia de aulas, 22 de Dezembro. Caso um grupo opte por não entregar os relatórios dos 2 Projetos a nota atribuída a cada um dos seus membros será de zero valores. Se optar por entregar apenas um dos trabalhos, terá a percentagem correspondente.

 

3.Trabalho Computacional de Anos Anteriores. 

Os alunos que tiverem realizado trabalho computacional no ano letivo anterior (ou anteriores) não poderão conservar a nota obtida, mesmo que sejam alunos com o estatuto de trabalhador-estudante. No caso de alunos que se inscrevam para melhoria de nota, o trabalho computacional poderá ser contabilizado, caso lhe interesse, mas a nota não será superior a 14 val.

 

4. Cálculo da Média Final. 

Os testes são classificados de 0 a 10 e cada um dos relatórios dos trabalhos computacionais é também classificado de 0 a 10. A classificação da parte teórica é dada por N = max{T1,E1} + max{T2,E2}  e a nota final NF é NF = 3/4 N + 1/4 (TC1 +TC2). A nota mínima em cada teste é 3.7 e a nota mínima na soma dos dois testes é 8.5. A nota minima no TC = TC1 + TC2 é 8.5. No caso de o aluno optar pelo exame, renunciando às notas obtidas nos testes, não haverá nota mínima em cada uma das partes, apenas 8.5 na totalidade do exame, sendo aprovado caso NF = 0.75 E + 0.25 (TC1 + TC2)  >= 9.5.

 

 

5. Testes (Repescagem)

No início da prova o aluno deverá dizer qual dos testes pretende fazer (T1rep ou T2rep). Passado 1h30m entrega esse teste. Se pretender fazer o outro, fica na sala, recebe o teste e sai ao fim de 1h30m. Caso contrário, sai da sala.

 

6. Exame 

No início da prova o aluno deverá dizer que quer fazer exame e recebe T1rep+ T2rep. Tem 3h para o resolver.

Esta opção só é possível nos seguintes casos: não ter feito qualquer um dos testes; ter feito os dois e reprovado por não ter atingido a nota mínima (8.5); ter atingido a nota mínima apenas num dos testes e não no outro. Nestes casos, a avaliação prévia por testes será esquecida.

Em resumo: 

A avaliação por exame não serve para melhoria de nota de quem tenha optado pela avaliação contínua feita por testes e que já esteja aprovado. 

 

7. Provas Adicionais 

a) Alunos em que a nota N esteja compreendida entre 8,5 e 11 e TC seja superior ou igual a 16, ficarão com a nota mínima de 12.5 em TC.  Caso pretendam ter nota em TC superior a 12.5, deverão solicitor uma prova adicional (discussão do projeto). Notas finais NF superiores ou iguais a 17.5 poderão ser sujeitas a uma discussão oral.

 

6. Época Especial. 

A nota do trabalho computacional conta para efeitos do Exame de Época Especial. Para alunos que não tenham efetuado trabalho/os (nota zero), a sua nota final será calculada como sendo 75% da nota obtida neste exame.