Bake-off 1 - App Carteira Criptomoedas


FAQ: Frequently Asked Questions do Bake-Off 1


  • Disponível: 7 de Março de 2022
  • Entrega: até dia 25 de Março até às 23h59 via Fenix
  • Desafio: criação de uma interface gráfica para uma App móvel de uma carteira de criptomoedas.
  • Resultado esperado: um protótipo de alta-fidelidade (implementado em figma.com) que permita: i) consultar as suas criptomoedas; ii) pedir empréstimos de criptomoedas; e iii) fornecer empréstimos de criptomoedas.
  • Avaliação: 0-20 valores, 10 valores pelo processo de desenho, 5 valores por uma taxa de sucesso dos participantes de 100%; e 5 valores por um resultado SUS (System Usability Scale) acima dos 80.3.
1. Desafio

O objetivo do primeiro bake-off é criar uma interface gráfica para uma aplicação móvel (App) de uma carteira de criptomoedas que integre a funcionalidade de empréstimos peer-to-peer. Para vencerem este bake-off têm de criar um protótipo interativo de alta fidelidade com uma interface fácil, rápida e apelativa.

2. Funcionamento e Tarefas

O bake-off é um desafio de design em aberto. É crucial que iniciem um processo iterativo de ideação-prototipagem-teste desde o primeiro dia. A utilização de storyboards e protótipos em papel é fundamental para que consigam realizar várias iterações, rapidamente. Terão de realizar pelo menos 2 iterações com um protótipo de baixa-fidelidade (PBF), usando as técnicas descritas nas aulas teóricas e apenas na fase final implementem o protótipo de alta fidelidade.

O vosso protótipo tem de suportar as seguintes funcionalidades e tarefas:

  1. Funcionalidade: consultar a quantidade de criptomoedas e valor correspondente em Euros de Bitcoin, Ether e Algo. Tarefa: Qual o valor actual (em Euros) de Bitcoin na minha carteira?
  2. Funcionalidade: pedir um novo empréstimo peer-to-peer definindo o valor e duração do empréstimo, pagando à partida 5% do valor. A taxa de juro pode ser personalizada entre 10-25%. Tarefa: Pedir um empréstimo de 5000 euros a 12 meses com uma taxa de juro de 15%. Pagar os 5% de entrada (250 euros) em Bitcoin e Ethereum (50/50).
  3. Funcionalidade: consultar pedidos de empréstimos disponíveis, nomeadamente o seu custo, duração e retorno. Tarefa: Qual o pedido de empréstimo com maior retorno (em Euros) em menos de 12 meses?

Apesar de não fazer parte da lista de funcionalidades e tarefas que terão de suportar, é expectável que o desenho da vossa interface contemple a existência de funcionalidades fundamentais de carteiras de criptomoedas como: adicionar moedas, consultar o identificador do utilizador/carteira e ver os meus empréstimos. Podem assumir que têm 500 euros; na carteira dividos entre Bitcoin, Ether e Algo (podem ter mais).

3. Recomendações

Não comecem o processo de desenho com ferramentas de alta fidelidade - correm o risco de demorarem mais tempo, não conseguirem fazer iterações suficientes, e terminarem com uma solução menos criativa e adequada. Em vez disso, iterem sobre o PBF.


Um protótipo de alta fidelidade não tem de implementar a funcionalidade do sistema. O vosso foco deverá ser na organização da informação, fluxo de utilização, e desenho de ecrãs. Apesar do protótipo funcionar para um número restrito de tarefas (ver secção 2. Funcionamento e tarefas), a interface pode demonstrar elementos que ilustrem outras funcionalidades mesmo que não acessíveis (login, conta do utilizador, etc.).



Planeamento

Semana 1
7-11 de Março
Aulas Teóricas
- Introdução da UC
- Introdução ao bake-off 1
- Prototipagem em papel
- Desenho de ecrãs

Laboratórios
- Storyboards
- PBF
- Avaliação formativa
 Trabalho autónomo
- Iterar PBF
Semana 2
14 - 18 de Março 
Aulas Teóricas
- Dispositivos móveis
- Avaliação formativa a PBFs
- Mini-teste 1

Laboratórios
- Avaliação formativa
- Refinar PBF
Trabalho autónomo
- Tutorial Figma
- Protótipo de Alta Fidelidade (PAF) 
Semana 3
21 - 25 de Março 
Aulas Teóricas
- Factores humanos
- Métodos de avaliação

Laboratórios 
- Bake-off 1
- Introdução bake-off 2
Trabalho autónomo
- Submissão até 25/03 às 23:59 via Fenix

4. Recursos e Ferramentas

O PBF será construído utilizando papel e cartão. Os elementos individuais da interface (botões, campos de texto, listas, etc.) podem ser desenhados utilizando lápis, canetas ou marcadores, e recortados com tesoura e x-ato. Depois devem ser organizados sobre uma base que é comum a todos os ecrãs da aplicação. 

O protótipo de alta fidelidade será construído com a ferramenta Figma (www.figma.com):

  • Registem a vossa conta como estudante (usando o email oficial do IST - user@tecnico.ulisboa.pt) através deste link;
  • Quando criarem a App para o bake-off usem a frame Phone > Android Small (360 x 640), e testem com o zoom a 100%;

4.1 Tutoriais

4.2 Desenho para Dispositivos Móveis

4.3 SUS (System Usability Scale)

5. Competição

O bake-off termina com uma competição que será realizada na aula de laboratório da semana de 21 de Março. Cada aluno irá testar todos os projetos do seu turno com a excepção do seu próprio projeto. Estes testes serão realizados na sala de aula e terão que terminar dentro do período de aula.

É da responsabilidade de cada grupo preparar a solução e o link de acesso ao projeto Figma. A ordem de execução dos projetos por cada aluno será aleatória e da responsabilidade do docente do laboratório. Aos alunos pede-se que não interajam com os autores dos projetos durante o bake-off, que respondam ao SUS com honestidade, e que não dispensem mais de 10 minutos por projeto. Se não conseguirem completar uma tarefa em 1 ou 2 minutos passem para a seguinte. 

Comportamentos desonestos (menos éticos) resultam na desqualificação da competição (cotação de 0.0v). Valores SUS dois desvios padrões acima ou abaixo da média serão descartados. Alunos com 3 ou mais avaliações SUS descartadas serão penalizados com 0.5v. A mesma penalização será aplicada a alunos que demorem mais de 10 minutos a avaliar um projeto (validado através do timestamp do SUS).

A chave para o sucesso está no processo de desenho: idear-prototipar-iterar. Lembrem-se dos dois mantras de IPM: (1) vocês não são os utilizadores, (2) conheçam os vossos utilizadores.

6. Submissão

A submissão tem de ser feita até dia 25 de Março até às 23h59 via Fenix. Apenas um membro do grupo terá que realizar esta entrega; um documento com o seguinte formato IPM2011132646L04_Grupo42.txt e contendo apenas dois links:

  1. Link para o protótipo Figma - no Figma ir a Share > Copy Link (Anyone with the link can view);
  2. Link para vídeo YouTube (Unlisted) com a descrição do processo de desenho e solução final (com captions ou voice-over). A captação de vídeo com o telemóvel é suficiente já que a avaliação não contempla a qualidade de gravação ou edição. Por outro lado, o vídeo deve conter (pelo menos):
  • Storyboards e protótipo de baixa-fidelidade (PBF) iniciais;
  • Duas iterações sobre o PBF. Cada iteração deve descrever:
    • O novo PBF e o porquê das novas mudanças (com base na iteração anterior)
    • O(s) método(s) usados na nova avaliação
    • O número e descrição dos participantes (pelo menos três por iteração)
    • Uma descrição de como esta nova avaliação decorreu 
  • Demonstração do PAF
  • O vídeo não deve ultrapassar os 3 minutos.

7. Avaliação



  • 10.0v, Processo de Desenho: demonstrado através da submissão vídeo;

  • 5.0v, Taxa de sucesso (percentagem de tarefas completadas com sucesso);

  • 5.0v, Experiência de utilização. Esta componente será calculada através do System Usability Scale (SUS). A média do SUS será mapeada numa nota: 2.0v para resultados entre 68 e 77.1 (nível C do SUS, protótipo OK); 3.0v para resultados entre 77.2 e 80.2 (nível B do SUS, protótipo BOM); 5.0v para resultados entre 80.3 e 100 (nível A do SUS, os utilizadores vão RECOMENDAR o protótipo).


Caso não seja submetido o vídeo terão 0.0v nas três componentes descritas acima. Caso não submetam o projeto Figma serão apenas avaliados na componente do Processo do Desenho (máximo 10.0v).


Finalmente, grupos ou elementos que não compareçam na sessão de bake-off terão cotação de 0.0v na componente da competição (Taxa de Sucesso e Experiência), com exceção de casos com falta justificada (por ex. declaração médica).