Métodos de Avaliação

Componentes de avaliação:

a)                   Exame (sem consulta, sem orais, com inscrição prévia)

b)                  Avaliação contínua : 2 testes. (sem consulta, sem orais, com inscrição prévia)

c)                   Avaliação contínua: relatórios de 4 laboratórios entregues na aula em que são realizados. Durante o semestre os alunos podem executar até 5 trabalhos (2 sobre o díodo, 2 sobre o TBJ e 1 sobre o MOSFET). Deste modo, os alunos podem entregar até um máximo de 5 relatórios, escolhendo-se para efeitos de classificação apenas os 4 melhores que verificarem a seguinte regra: no conjunto dos trabalhos avaliados deve existir sempre 1 trabalho sobre o díodo, 1 trabalho sobre o TBJ e 1 trabalho sobre o MOSFET .

 

O aluno pode obter a aprovação na disciplina por uma das seguintes opções:

·                      ponderação da componente teórica de avaliação contínua ( 2 testes) com um peso de 75% com a componente laboratorial de avaliação contínua ( 4 relatórios) com um peso de 25%;

·                      ponderação do exame com um peso de 75% com a componente laboratorial de avaliação contínua ( 4 relatórios) com um peso de 25%;

 

Os testes serão de 2 horas sobre partes distintas da matéria. Os exames serão de 3 horas sobre toda a matéria.

Fórmula para o cálculo da nota final:

 

N f = Nota final

N T = componente teórica da nota final

N L = componente laboratorial da nota final

N ex = nota de exame

N Teste = média da nota dos testes

N Teste1 = Nota do 1º teste

N teste2 = Nota do 2º teste

 

  N Teste = (   N Teste1   +  N teste2  )/2   

 

  N T = N ex       ou      N T = N Teste

 

N  = 0,75* N T  +  0,25* L                                                           

 

                                                             

 

Nota : As classificações N T ou N L, devem ser no mínimo iguais a 9,5 valores.