Métodos de Avaliação

A avaliação terá uma componente teórica (dois testes ou um exame), uma componente laboratorial (três relatórios) e, opcionalmente, uma componente de avaliação contínua (cinco mini-fichas). A nota final da cadeira será calculada através da fórmula

NF = 0.75*NT+0.25*LAB

ou  alternativamente

NF = 0.65*NT+0.1*AC+0.25*LAB,

sendo NT (0-20) a nota da componente teórica da avaliação, LAB (0-20) a nota da componente laboratorial da avaliação e AC (0-20) o resultado da avaliação contínua. As notas intermédias (NT, LAB e AC) serão arredondadas até às décimas, e NF será arredondada até à unidade. Os critérios de arredondamento serão os usados pela aplicação EXCEL do Office. NT será a média de dois testes ou, alternativamente, a nota do exame. Quando existir mais do que uma opção válida, será seleccionada a modalidade que mais favoreça o aluno.

Para haver aproveitamento, devem verificar-se as seguintes condições simultaneamente: 1) NF ser igual ou superior a 10; NT ser igual ou superior a 8.5; LAB ser igual ou superior a 9.5; a assiduidade à componente laboratorial ser 100% (três aulas de laboratório).

A nota de avaliação contínua só pode ser usada se se verificarem as seguintes duas condições, simultaneamente: 1) todas as cinco mini-fichas serem resolvidas e entregues; 2) a assiduidade às aulas teóricas (a controlar com folhas de presença) não ser inferior a 90%.