Métodos de Avaliação

1. Componentes de avaliação:

- Avaliação teórica (T):

a) Exame final: serão efectuados dois exames (E1 e E2). Para aprovação por exames é necessário que a nota de pelo menos um dos exames seja  maior ou igual a 10 valores.

b) Testes: serão efectuados dois testes (T1 e T2). A nota  final nesta componente é a média dos dois testes (T1+T2)/2. Para aprovação por testes, requer-se que a nota de cada um não seja inferior a 8 valores e que a média seja maior ou igual a 10 valores. A data do teste T2 coincide com a data do exame E1. 

Na segunda data da época de exames o aluno pode optar por entregar ou teste T1 (da 2ª data), ou teste T2 (da 2ªdata) ou exame E2. A nota teórica corresponde ao melhor dos exames E1, E2 ou da média dos testes. 

 

Avaliação prática (L):

Conjunto de trabalhos a realizar em grupo com entregas periódicas de relatórios. A nota a atribuir nesta componente tem como critérios os relatórios e a participação na aula.

 

2. Nota final (NF): A nota final é calculada a partir da nota provisória (NP)

  NP = 0.7 T + 0.3 min (L, T+3.0) 

onde T corresponde à avaliação teórica, L à avaliação prática e o termo min(L, T+3.0) significa que para efeitos de cálculo de NP, a nota prática não pode exceder em mais de 3 valores a nota teórica. A nota final NF corresponde à nota provisória se esta for inferior a 19 valores. No caso de NP corresponder a 19 ou 20 valores, o aluno  deverá se assim o desejar submeter-se a um exame oral para confirmação da nota. Neste caso a nota mínima será 18 qualquer que seja o resultado do exame oral.