Métodos de Avaliação

A avaliação tem duas componentes: Laboratório e teórica.

 

Apenas a avaliação teórica tem nota mínima de 9,3.

 

A nota de laboratório é dada com base em 1 relatório realizados em grupo, e na prestação individual e frequência das aulas de laboratório. A nota de laboratório é individual.

 

A nota teórica é dada como a média de 2 testes ou em alternativa  1 exame que funciona numa única data. Não há nota mínima nos testes individuais, mas apenas na média. Não há repescagem dos testes. Os alunos aprovados por testes podem frequentar o exame, contando a melhor nota.

 

Pesos no cálculo da nota final: 70% média Testes ou Exame + 30% Laboratório

A nota do laboratório usada para o cálculo da nota final é min(Lab, T+6)

 

Apenas terão aprovação na disciplina os alunos que tenham 9,3 na média dos testes ou no exame.

 

Alunos com nota final estritamente maior do que 17 estão sujeitos a uma prova de confirmação. Neste caso a nota mínima é sempre garantidamente 17.  Os alunos que queiram submeter-se à prova de confirmação são submetidos a uma pergunta. Se derem uma resposta absolutamente correcta acedem a uma nota um ponto acima. Caso contrário, ficam com a nota do patamar em que estão.  Estes alunos podem continuar a responder a perguntas até atingirem a nota de 20, aplicando-se sempre este procedimento.

 

Por exemplo, um aluno que tenha média total 18 pode responder apenas a uma pergunta. Se acertar fica com 18. Caso contrário fica com 17. Um aluno que tenha média total 19 pode responder a 2 perguntas. Se acertar na primeira acede ao patamar de 18 e pode responder à segunda. Se acertar na segunda fica com 19. Caso contrário fica com 18. As perguntas são colocadas por escrito, para todos os alunos ao mesmo tempo, numa data, hora e local escolhido pelo responsável da disciplina. Cada aluno tem no máximo 30 minutos para responder a cada pergunta.