Normas da avaliação detalhadas


  • Ao longo do semestre, cada aluno realiza 4 testes presenciais de 20 minutos nas aulas práticas presenciais, nas seguintes semanas:
    • Teste 1 - ímpares: semana 3 (19Out-23Out)          pares:    semana 4 (26Out-30Out)
    • Teste 2 - ímpares: semana 5 (2Nov-6Nov))            pares:    semana 6 (9Nov-13Nov)
    • Teste 3 - pares:     semana 8 (23Nov-27Nov)         ímpares: semana 9 (30Nov-4Dez)
    • Teste 4 - pares:     semana 10 (7Dez-11Dez)          ímpares: semana 11 (14Dez-18Dez)
  • Haverá um teste  na semana 12 em que poderá recuperar um dos 4 anteriores.
  • A  classificação dada por este elemento de avaliação será obtida como a média da classificação dos 4 testes, sendo dada a cada aluno a possibilidade de recuperar um deles numa aula prática da última semana de aulas.
  • O aluno obtém em época normal a classificação dada pelos testes até ao limite de 13 valores.
  • Se dos 4 testes anteriores o aluno obtiver uma classificação de 13 valores ou superior (e só neste caso), este pode optar por realizar uma prova presencial na época normal de exames que será cotada de 0 a 7 e cujo resultado será somado à nota dos testes obtida anteriormente.
  • O aluno poderá tentar melhorar a sua classificação na época de recurso através da realização dum exame presencial, contando a melhor nota.
  • Em qualquer dos casos, se o aluno tiver obtido uma classificação superior a 17, ele terá que realizar uma prova oral presencial, para manter ou subir a classificação obtida. Se o aluno não realizar esta prova ou nela tiver um desempenho que não justifique a manutenção daquela nota, a sua classificação final  será 17.

Informações adicionais sobre a realização das provas acima descritas serão oportunamente publicadas neste espaço.