Acesso ao servidor de Bases de Dados

O CIIST disponibiliza um servidor de base de dados PostgreSQL a todos os utilizadores registados no sistema Fénix. Este serviço será usado nas aulas de laboratório da cadeira de Bases de Dados. Mais informações sobre o sistema de gestão de bases de dados PostgreSQL podem ser consultadas no síte oficial:

Para activar o serviço, deverão ser seguidos os seguintes passos:

  • Caso ainda não o tenha feito, deverá activar o serviço de shell na página de self-service do CIIST. Isto permitirá ter acesso ao cluster sigma.
  • Fazer login (via ssh) no servidor sigma.ist.utl.pt usando o username e password do sistema de autenticação centralizada do CIIST (as mesmas credenciais usadas no acesso ao sistema Fénix). Em caso de dúvida, consultar esta página.
  • Executar o comando que se apresenta abaixo, o qual cria uma base de dados com nome identico ao do username e com uma password que é mostrada no écran.

istxxxxxx@sigmayy ~ $ psql_reset
  • Em caso de esquecimento da password o comando psql_reset pode ser exexcutado novamente. Neste caso, é gerada uma nova password, mas a base de dados e o seu conteúdo, caso já existam, não são afectados por este comando.

O servidor de base de dados corre na máquina db.ist.utl.pt.

De modo a simplificar a vida aos utilizadores que pretendem usar o serviço de PostgreSQL para suporte de páginas Web servidas no sistema web.ist.utl.pt/sigma, todos os clientes do PostgreSQL na máquina sigma foram configurados para aceder por omissão ao servidor db.ist.utl.pt e não a um servidor que se encontra na própria máquina, como é habitual.

Nas aulas de laboratório de Bases de Dados, iremos também utilizar o servidor sigma para o alojamento de aplicações desenvolvidas em PHP. Mais informações sobre esta línguagem de desenvolvimento Web podem ser obtidas no site oficial e na documentação.

Os comandos de ligação à base de dados a partir da máquina sigma são os habitualmente usados para aceder ao servidor de PostgreSQL na própria máquina ( localhost).

Assim, para usar o cliente de omissão de psql no sigma, basta fazer

   istxxxxxx@sigmayy ~ $ psql -U istxxxxx

Actualmente, o serviço de base de dados pode ser acedido de qualquer máquina com ligação à Internet, sendo apenas necessário especificar como servidor db.ist.utl.pt:

   istxxxxxx@sigmayy ~ $ mysql -U istxxxxxx -h db.ist.utl.pt

Em alternativa ao cliente de omissão para o PostgreSQL, poderá ser utilizado o cliente gráfico pg_adminIII. O cliente está disponível para download no site oficial.