Programa

Astrobiologia

Mestrado Bolonha em Química

Programa

- Perspetiva histórica da Astrobiologia e origem da vida. Escalas de tempo geológico (formação do sistema solar; Terra primitiva; primeiros organismos vivos; registo fóssil; produção de oxigénio). - Origem da vida e contribuição endógena (formação dos blocos da vida em fontes hidrotermais; implicações para a origem da vida noutros planetas (Europa e Encélado). Origem da vida e contribuição exógena (moléculas orgânicas em cometas/asteroides/meteoritos). - Cometas, asteroides e meteoritos (definição; nomes; classes/grupos; missões espaciais; lugares na Terra onde os meteoritos são recolhidos; moléculas orgânicas terrestres versus moléculas extraterrestres). - Evolução da vida (origem do código genético; modelo metabólico; teoria do mundo ferro-enxofre e teoria do mundo dos tioésteres; modelo genético; mundo ARN; mundo pré-ARN). - Requisitos básicos para a habitabilidade (água líquida; elementos químicos essenciais à vida e metais de transição; fontes de energia). - Vida em ambientes extremos (definição de extremófilos; fontes hidrotérmicas, gelo da Antártica, desertos quentes; pH alto/baixo, salinidade, falta de luz; importância para missões espaciais). - Análogos planetários como ferramentas de deteção de vida (viagens de campo e localização na Terra; tipos/classes). - Missões espaciais de deteção de vida no sistema solar (localizações; assinaturas de vida; processos biológicos ou geológicos que libertam metano em Marte; missões espaciais passadas/presentes/futuras de deteção de vida). - Vida fora do sistema solar (exo-planetas; definição; espectroscopia como ferramenta para detetar exo-planetas e suas atmosferas).