Métodos de Avaliação

A avaliação contínua será feita através das perguntas do dia (distribuídas cerca de duas vezes por semana, com um prazo de cerca de uma semana de cada vez). Ao longo de todo o semestre, haverá um total de 60 perguntas. A nota \(C\) da avaliação contínua é o número de respostas correctas (até um máximo de 56) dividido por 4. Assim, \(C\) é um múltiplo de \(1/4\), com \(0\le C\le 14\). Estas perguntas devem ser resolvidas individualmente, mas é permitido consultar apontamentos pessoais.

Os três testes têm notas inteiras, com \(0\le T_1, T_2\le 25\) e \(0\le T_3\le 50\). Os testes \(T_1\) e \(T_2\) terão a duração de 0:45, o teste \(T_3\) terá a duração de 1:30. Haverá um exame de recurso, no qual poderão tentar melhorar a primeira metade \(M_1=T_1+T_2\) (duração de 1:30) e/ou a segunda metade \(M_2=T_3\) (duração de 1:30). A nota de cada metade é alterada apenas se tiver melhorado (e independentemente do que se passe com a outra metade).

A pontuação combinada nos testes ou exame é \(E=M_1+M_2=T_1+T_2+T_3\), mas aplica-se a nota mínima \(M_1,M_2\ge{21-C}\).

Os testes/exame são feitos individualmente. Não é permitido usar equipamento electrónico, nem consultar colegas, apontamentos, ou quaisquer materiais.

A nota final é \(NF=\frac{E+C-\frac{EC}{100}}5\) (arredondada ao inteiro mais próximo).

Na época especial a nota final é obtida exclusivamente por exame (a organizar pelo Departamento de Matemática em julho de 2013).